Indian irá vender suas motos no Brasil



  

Modelos que serão lançados no Brasil são Chief Classig, Chief Vintage, Chieftain, Roadmaster e Scout.

A Indian é a mais antiga fabricante de motocicletas dos Estados Unidos – ela já teve o título de maior do mundo. Tem entre seus modelos mais conhecidos e mais populares o Chief e o Scout.  É uma das concorrentes diretas da Harley-Davidson e ano passado anunciou que viria para o Brasil em 2015 e está mesmo vindo.

A montadora apresentará em outubro, no Salão Duas Rodas, os modelos que serão vendidos no País – cinco modelos serão apresentados e já se sabe quais são. Vamos conhecê-los.

Indian confirma modelos que serão vendidos no Brasil:

Inicialmente, serão comercializados os modelos Chief Classig, Chief Vintage, Chieftain, Roadmaster e Scout. Nem é preciso dizer que ela entra no mercado brasileiro para brigar de frente com a Harley e pegar a sua fatia de mercado.

A Chief Classic tem um estilo tradicional e recursos como partida do motor com a chave no bolso, controlador de velocidade e outros recursos práticos. Tem rodas de 16 polegadas com pneu largo. Motor V2 de 111 pol³, cuja prioridade é o torque. Pesa 354 kg.

A Chief Vintage tem malas laterais e banco em couro e é cheia de cromados. Recursos e motor iguais ao da Classic, a única diferença é mais pesada: 10 kg a mais.

A Chieftain combina modernidade com traços de estilos tradicionais. Tem para-brisa com ajuste elétrico e malas rígidas em seu espaço para bagagem. Pesa aproximadamente 370 kg. Motor igual às da série Chief, tanque com capacidade para quase 21 litros de combustível e sistema de áudio com interface Bluetooth.





A Roadmaster tem recursos iguais aos da Chieftain, alguns um pouco mais sofisticados, como o sistema de áudio com navegador e aquecimento no banco e nas manoplas. Pesa bastante també, cerca de 406 kg. É uma grande estradeira de turismo.

A Scout é o modelo médio da marca americana. Tem motor V2 de 1.133 cm³ com injeção eletrônica, potência de 100 cv. Rodas de alumínio, câmbio de 6 marchas e pesa 248 kg.

A marca pertence atualmente ao Grupo Polaris, que a comprou em 2011 e de lá pra cá vem renovando os modelos. Ainda não está definido se a Indian terá sua própria fábrica no Brasil ou se terceirizará a montagem, como fazem a Ducati e a BMW, por exemplo. Também se não tem informações sobre preços. O que se sabe é que terá concessionárias em São Paulo/SP, Rio de Janeiro/RJ, Belo Horizonte/MG e Florianópolis/SC.

A disputa com a Harley-Davidson:

A título de curiosidade, com quais modelos da Harley  a motos da linha Chief da Indian "brigarão" diretamente: Chief Classic x Harley-Davidson Fat Boy, Chief Vintage x Road King e Chieftain x Street Glide.

Por Elia Macedo

Motos Indian no Brasil

Foto: Divulgação



1 comentário em “Indian irá vender suas motos no Brasil

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *