BMW G310 R – Nova Moto Naked é apresentada na Europa



  

Modelo é a primeira moto de média cilindrada da montadora. Ainda não foram divulgados os preços da motocicleta.

A grande fábrica alemã Bayerische Motoren Werke, também conhecida como BMW, lançou oficialmente na semana passada, dia 11 de novembro, na Europa, sua primeira moto de média cilindrada, a naked G 310 R. Segundo a BMW, trata-se de uma moto dinâmica, potente e leve. É uma versão da série, lançada em outubro, em São Paulo, a G 310 Stunt.

A empresa vem com essa novidade com o objetivo de atingir uma parte nova do mercado. A BMW quis dar ao modelo G 310 R uma maior versatilidade, já que seus usuários a utilizarão tanto na cidade quanto na estrada.

O nova moto tem 313 cilindradas de capacidade, possui apenas um cilindro e conta com comando duplo no cabeçote (DOHC) em suas 4 válvulas, refrigerado a água e injeção eletrônica de combustível. Um ponto interessante é a questão do motor ter um ângulo de inclinação para trás de 180 graus, o que deixa um grande espaço na parte da frente, onde se encontra o sistema de admissão. O motor a 7500 RPM de torque, 9500 RPM e 2,9 kgf.m atinge uma potência máxima de 34 cavalos. O peso do conjunto é de 158, 5 kg, resultando na relação entre peso-potência de 4,6 kg/cv.

O modelo foi desenvolvido na Alemanha e será produzido na Índia, também sendo montado na cidade brasileira de Manaus, o que está previsto para ocorrer no segundo semestre de 2016.





O chassi da versão é feito em tubos de aço. Na parte da frente a moto possui garfo telescópico invertido, enquanto que na traseira a moto conta com um único amortecedor e uma balança mais longa, que facilita a estabilidade da moto. Os freios ABS serão a novidade do modelo, onde na frente é equipada com apenas um disco de 300mm de diâmetro e na traseira disco de 240mm. As rodas são de 17 polegadas. O painel vem com uma tela de LCD para a apresentação de todas as informações necessárias.

O preço ainda não foi divulgado, mas segundo o diretor-geral da marca, será bem competitivo.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *