Vespa ? Preço dos Modelos e Novidades no Brasil



  

Scooters da marca estão sendo comercializadas como premium e custam mais de R$ 20 mil.

Em seu retorno ao mercado brasileiro, a Vespa já estabeleceu o valor de duas de suas scooters. Ambos modelos serão comercializados simultaneamente pelo site da empresa.

O modelo Primavera 125 cc sairá a partir de R$ 22.890, enquanto a Primavera Série Histórica 150 cc estará disponível por R$ 27.930. Já é possível reservar sua motocicleta na página da companhia.

A empresa afirma a entrega do produto para qualquer região do país. Dando uma entrada de 30% do valor inicial, o restante poderá ser quitado pelo comprador posteriormente em até 36 parcelas.

Em sua volta para o Brasil, a Vespa deixou mais que claro o objetivo de colocar a marca no patamar premium entre os scooters. Tendo como embaixador da marca no Brasil o ator Caio Castro e o preço de um modelo nada convencional são pontos que confirmam o indício de que “as vespinhas” serão comercializadas com um conceito diferente dos seus modelos similares.

O líder no mercado de scooters, a Honda PCX 150, é vendida na faixa dos R$ 10.000. Existem outros modelos mais baratos que rodam na casa dos sete mil reais, como a Honda Lead e a Yamaha Neo. Já a Dafra, concorrente direta da Vespa nesse segmento, investe também em um visual mais retrô, com o SYM Fiddle III, vendido por R$ 11.390.





O retorno da montadora italiana é conciliado com a parceria ao grupo de investimentos Asset Becley. A fabricante também estará vendendo em lojas físicas outros modelos. Inauguradas em 22 de outubro, às lojas em São Paulo e Campinas já estão em plena atividade.

Por enquanto, as motocicletas serão importadas. Atualmente a marca já comercializa os modelos Sprint 150, GTS 300, 946 Emporio e Armani 150, além da série Primavera. Ambos modelos podem ser encontrados nas concessionárias denominadas “boutiques” pela empresa. Na intenção de estabelecer um visual mais forte para a marca, o presidente da Piaggio Brasil, Longino Morawski, afirma que as boutiques sempre serão charmosas e elegantes.

Já existe a previsão por parte da empresa que a motoneta passe a ser produzida no Brasil em 2018. Visto que a Vespa já busca algumas parcerias com montadoras situadas no país.

Por Denisson Soares



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *