Kawasaki Ninja 400 – Lançamento, Novidades



  

A nova moto da Kawasaki foi apresentada no Salão de Tóquio e traz novidades.

Quem gosta de pilotar motocicletas e tem interesse em acompanhar as notícias sobre o mundo das motos, pode conferir aqui uma boa notícia sobre o próximo lançamento da Kawasaki.

Apresentada como a substituta da Ninja 300, no evento Salão de Tóquio 2017, que teve início no dia 25 de outubro (quarta-feira) e é a oportunidade das marcas anunciarem os novos modelos para 2018, a Kawasaki Ninja 400 é uma moto completamente nova.

Saiba mais informações sobre essa novidade a seguir.

Motor

A nova Ninja tem um motor moderno, sendo muito diferente de sua versão anterior, com novo chassi, que a torna mais leve que o modelo anterior em quase 8 quilos.

O motor é de 399 cilindradas e possui potência de 44,8 cavalos a 10.000 rotações por minuto (RPM). Com o aumento das cilindradas, há uma melhor integração entre o desenho da caixa de ar, o que resulta em mais eficiência e uma admissão ainda melhor. Desse modo, a Ninja 400 alcança quase 45 cavalos de potência, enquanto a Ninja 300 chegava até 39 cavalos.

As dimensões desse equipamento são semelhantes ao do modelo Ninja de 250 cilindradas e ainda possui a vantagem de pesar menos 1 quilo em comparação entre essa versão e a mais atual.

Assim, com motor de dois cilindros paralelos e refrigeração líquida, fabricados para ofertar um melhor desempenho em todas as faixas de vídeo e garantir comportamento confortável, tanto a pilotos novatos, quanto àqueles mais experientes.

Design

Em seu visual, há diversas mudanças em relação à sua antecessora, Ninja 300. As referências são os modelos mais robustos da Casa de Akashi, como por exemplo, a Ninja 650 e a Ninja ZX-10R.

A moto evoluiu para tentar vencer a concorrência de Yamaha YFZ-R3.





O novo painel tem mais aparência de uma realidade esportiva e apresenta conta-giros analógico no centro do painel. Completando o modelo, ao redor dele, há luzes espias e mostrador digital com fundo escuro, com informações em branco, e isso torna a visibilidade ainda melhor, tanto com relação à marcha engatada, quanto da velocidade.

Assim, a Kawasaki Ninja 400 tem mais estabilidade, facilidade nas manobras e rigidez para uma moto esportiva.

Acessórios

A nova motocicleta da Kawasaki tem vidro mais alto, banco com altura de 786 milímetros e largura de menos de 30 milímetros que o banco de seu modelo anterior, o que o torna mais ergonômico e facilita o apoio dos pés no chão.

Além disso, possui também uma proteção de depósito, fita de decoração das jantes, cadeado de capacete, tomada de corrente elétrica, um local para armazenamento de pequenos objetos, proteção para o quadro, tampa para o banco do carona e cadeado em U.

Freios, embreagem e tanque de combustível

O disco de freio na dianteira é de 290 milímetros de diâmetro. Já na parte traseira, tem um disco de 220 milímetros. O freio Anti-lock Braking System (ABS) fica a critério do cliente, podendo inclusive optar por um modelo sem esse mecanismo contra derrapagens.

O sistema de embreagem agora é mais deslizante, o que deixa os engates mais fluidos, leves e favorece mais agilidade à moto, pois há uma pressão muito menor no acionamento da embreagem. Isso permite também mais disposição ao condutor.

O tanque possui capacidade para 14 litros de combustível. Assim, o peso total é de 172 quilos para aqueles que preferirem a moto sem ABS. Já quem preferir com o dispositivo, a motocicleta terá peso de 174 quilos.

Preços

Os valores de venda ainda não foram divulgados. Contudo, assim que os primeiros compradores fizerem aquisição no mercado dos Estados Unidos e dos países da Europa, logo terá uma ideia de quanto a Kawasaki Ninja 400 custará no mercado brasileiro.

Por Melisse V.

Kawasaki Ninja 400



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *