Kawasaki Vulcan S 2018 – Novas Versões Cafe e Special Edition



Kawasaki Vulcan S 2018 chega em novas versões e custando até R$ 35 mil.

A Kawasaki do Brasil já anunciou a abertura do início das vendas da Vulcan S na linha 2018. E teremos novidades interessantes na custom da marca. Entre elas, a chegada de duas novas configurações: a Cafe e a Special Edition. O primeiro modelo está custando R$35.490, enquanto que o segundo sai das lojas por R$34.990. O que evidencia a diferença entre elas duas são principalmente os detalhes visuais uma vez que ambas trazem, além do mesmo conjunto mecânico e os mesmos equipamentos de série.

No caso da versão convencional, a faixa de preço está em R$33.990. E em todas elas temos a presença dos freios ABS já como itens de série.



Voltando a Vulcan S Special Edition, vamos ter uma pintura que é distribuída entre a cor branca e o cinza fosco com detalhes aqui e ali na cor laranja. No caso da versão Cafe é interessante observar que ela segue o estilo das conhecidas (e icônicas) Cafe Racer. Temos no modelo um defletor na sua parte dianteira, além de contar com pintura nas cores verde e prata foscos.

A motorização delas, assim como da versão ‘normal’, é um propulsor de 2 cilindros de 649 cc, transmissão de seis marchas, refrigeração a água, 61 cavalos e 6,4 kgfm, além de injeção eletrônica.



No mais, todas as Vulcan S para a linha de 2018 passam a contar com um novo indicador digital de marchas presente no painel de instrumentos.

Kawasaki Vulcan S Cafe

Vulcan S Cafe

Vulcan S Special Edition

BMW S 1000 XR

E já que estamos falando de novidades, temos outra: A BMW do Brasil já iniciou o período de vendas para S 1000 XR. No modelo, há várias novidades, sendo que a principal delas diz respeito a potência. Antes tínhamos 160 cv e agora 165 cv.

A linha 2017 também conta com uma nova cor: a azul Ocean. Segundo informações divulgadas pela própria fabricante, os preços de R$72.900 irão continuar os mesmos.

A 1000 XR possui a mesma mecânica que encontramos na naked S 1000 R, assim como na superesportiva S 1000 RR. Temos também o mesmo motor de 999cm³, injeção eletrônica, 11,6 kgfm de torque a 9.250 rpm e por fim, potência de 165 cv. Vale destacar que houve um leve aumento no torque já que antes era de 11,4 kgfm.

Por Denisson Soares

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *