Nova KTM Duke 390 2018 – Lançamento, Características e Preço no Brasil



  

Conheça aqui as principais novidades presentes na nova KTM Duke 390 2018.

Para quem procura uma marca não original do Brasil porém com fabricação nacional, a KTM é uma ótima escolha, apesar de muito conhecida no mundo das trilhas, por ser uma das importadas mais famosas e potentes, devido ao seu desenvolvimento, força e leveza atuarem ao mesmo tempo na terra, acaba sendo super procurada por trilheiros. Porém, diferente do que muitos acham, a KTM não tem apenas motos para trilha, ela também possuem motos para rua ou estrada, que por sinal também possuem um ótimo desempenho, como já dito, a marca tem produção nacional, o que tornou isso possível foi a parceria com outra montadora de motos brasileira bastante conhecida em algumas regiões no país, que é a marca Dafra. O único problema é que infelizmente a moto não pode ser tão barateada para a venda no país, a KTM Duke 390, por exemplo, chega pelo preço de R$ 23.990, então, muitas vezes brasileiros podem optar por uma moto com cilindradas maiores, porém usada, mas isso pode variar conforme o gosto, para quem já tem uma KTM talvez o preço não fará tanta diferença.

Características e especificações da moto

Em alguns testes de pilotagem a teoria acima de que possui uma boa potência é confirmada, renderam boas experiências nos pilotos que tiveram a sorte de pilotar. Apesar de não disponível ainda nas lojas da Dafra e KTM por não possuírem até o momento a inscrição para poder fazer a venda, quem quiser encontrá-la as revendedoras já possuem o modelo. Algumas vantagens e características da moto são, a presença do ABS, que para um bom piloto faz toda a diferença, até porque 390 cilindradas pode ser usada para pista, portanto, qualquer detalhe que tiver, que possa contribuir para segurança, ajuda. Porém, não são apenas detalhes de segurança, ela também possui uma potência de 44cv que deixa ainda mais forte. Isso mostra que será uma moto disponível tanto para quem quiser usar na cidade, quanto para aventureiros que gostam de dar uma viajada aos finais de semana, ou pegar uma pista por diversão, porém, se você for um desses tome muito cuidado ao pilotar sua KTM Duke 390.

Como citado anteriormente, a marca KTM não é nacional, ela é Austríaca, mas apesar disso, ela ainda consegue manter a mesma colocação de peças aqui do que no seu país, isso na intenção de baratear os preços, ou seja, mesmo o valor sendo alto, a KTM ainda teve em mente baratear o custo da Duke 390, alguns exemplos de peças que são usadas daqui mesmo são as carenagens laterais, seus cabos, eixos e rolamentos, suas manoplas também, ou seja, uma boa parte da moto. Seu modelo é snake, que para quem não entende é um modelo não carenado mais agressivo, levando como exemplo a família z (z750, z800, z1000).





Os detalhes de pintura estão disponíveis nas cores branco e preto, levando sempre a característica de detalhes em laranja pela moto toda, é isso acontece com todas as produzidas da KTM, para que a marca realmente fixe a bandeira no país e vir a ideia da empresa toda vez que vermos um detalhe em laranja.

Conclusão, para quem já conhece a montadora e já possui uma moto da mesma, talvez comprar outra motocicleta KTM poderá ser um bom investimento, isso varia daexperiência de cada um. Já algumas pessoas que procuram motos mais fortes, optar por uma usada no mesmo valor pode ser até a melhor solução, até pelo motivo da KTM ainda não poder ser encontrada em lojas Dafra e KTM, boa sorte e boas compras.

Gustavo Martins



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *