Nova BMW F 850 GS – Análise e Preço




Modelo chega com mais tecnologia, mas com menos potência.

Os fãs de moto sabem como é importante observar todos os detalhes que acercam um bom desempenho da máquina que está ao seu dispor.

Diante disso, é necessário compreender fatores de risco que podem aparecer quando comprar tamanha potência em seu trabalho. Um dos pontos são os 80 cavalos que compõem a sua estrutura.


A nova BMW F 850 GS chega com desempenho semelhante à de outra moto, a F 750 GS.

Mudanças

A potência de sua irmã, F 750 GS, foi diminuída a essa nova versão e com isso admiradores e pessoas que adoram pilotar uma moto ficaram um tanto decepcionados com esta notícia.

Vale citar que essa mudança se passa justamente por estar regulamentada as novas diretrizes que compõem as leis brasileiras, o que possibilitou essa mudança drástica em sua linha.


Consta que a original alemã venha com 95 cavalos, 20 cavalos a menos do que a nova versão que será lançada em 2019, tirando a emissão de ruídos e tornando economicamente sustentável, preservando a ideia do modelo autossustentável, promovendo a diminuição do gás carbônico e do aumento da temperatura da Terra.

Os motoqueiros poderão ficar animados com a nova linha, já que teve um aumento considerado significativo, alterando dos 798 cilindros cúbicos para 853 cilindros cúbicos.

Outro detalhe que vale a pena citar são os eixos balanceiros que garantem que o piloto se sinta mais a vontade de pilotar e sinta pequenas vibrações durante seu uso.

Essa nova versão pode ser adquirida por R$50.950. Diante disso, na F 750 GS a modernidade se aplica com uma leitura eficiente do painel, além do sistema de partida através do keyless.

Tanque cheio e suas vantagens

Tanta modernidade só pode ser traduzida com uma das novidades que podem caber dos usuários assíduos das redes sociais, que aproveitam para tirarem fotos pelas estradas e paisagens por onde passam, contando com a conexão Bluetooth.

Outra vantagem a ser observada é através da pressão dos pneus e principalmente a hora do repouso.

O tanque pode ser abastecido com até 15 litros, dando liberdade e garantia de rodar no mínimo 300 quilômetros e seu consumo médio por litro é que pode rodar por 20 km.

Vale recordar que para atingir esta marca é preciso controlar o seu acelerador e o câmbio que conta com seis marchas.

A BMW conta ainda com sua roda de cerca de 21 polegadas. Sua fixação externa permite que não precise usar a câmara. A partir disso, é possível diminuir sua resistência sem câmara mantendo o seu equilíbrio perante aos raios da motocicleta, relembrando a aerodinâmica do voo dos pássaros como num todo.

Seus freios presentes neste novo modelo são maiores, com dois discos de 305 milímetros de diâmetro. Na traseira conta com 17 polegadas e 265 milímetros, tornando mais complexo e interessante para os consumidores mais exigentesm que normalmente gostam de observar pequenos detalhes.

Vale a pena comprar?

Mais uma vez vai depender da exigência de cada motociclista, por isso, avalie o seu bolso primeiro antes de tomar uma decisão.

Apesar das facilidades e das vantagens dessa nova versão em relação as anteriores, é possível observar que quem gosta de campo ou da cidade, a BMW F850 GS é perfeita. A sua automação lhe permite dirigir sem maiores problemas, independente da dificuldade que a pista for lhe dar.

Vale a pena verificar a possibilidade do controle de automação dos freios ABS, além dos quatro modos que o condutor pode ter a sua disposição.

Um dos pontos negativos que foram observados em sua análise foi de que neste novo modelo ele é mais pesado e menos rápido. A antiga versão contabilizava 214 kg, essa nova versão possui 229 kg.

A questão da escolha deve partir de cada um, afinal, dirigir um monstro como é a BMW F850 GS versão 2019 é para poucos.

Thalles Cakan

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *