Nova Yamaha MT-07 2019 – Análise e Preço




Modelo ganha novo design e está mais confortável.

A Yamaha MT-07 2019 chega agora às lojas com um design renovado, novo acerto nas suspensões e um banco que promete mais conforto. Vamos ver tudo que mudou na Naked média!

Visual

A principal mudança visual está no farol maior, que lembra o do MT-09, as setas dianteiras agora estão instaladas na lateral do radiador. A traseira foi redesenhada e ganhou uma nova lanterna.


Parte Ciclística

Na parte ciclística o garfo dianteiro ficou mais rígido e esportivo. Enquanto o amortecedor traseiro ganhou um ajuste no retorno. No geral o novo conjunto oferece um amortecimento mais progressivo e dá mais confiança para deitar nas curvas.

Não é a melhor para estradas

O banco mais amplo é mais confortável! Mas, mesmo assim, em uma viagem de 300 km cansa um pouco. Como toda naked, ela não tem proteção aerodinâmica e a 07 em particular não tem nem lugar para amarrar bagagem!

Boa para a cidade

Por outro lado, a MT 07 é uma boa opção para quem usa moto no dia a dia. Leve e estreita, ela se sente em casa na cidade. O motor tem um bom torque em uma ampla faixa de giros. Dá para rodar em quarta marcha a 50 km/h tranquilamente. Os 75 cavalos (56 quilowatts) de potência máxima são suficientes para você se divertir na cidade [ou até na estrada].


Freios e preço

Com freios ABS de série, a Yamaha MT-07 2019 tem preço sugerido de R$ 33.790.

As mil, quatrocentas e seis unidades emplacadas no ano de 2017 tornaram a Yamaha MT-07 a naked de alta cilindrada (mais de 500) mais vendida no quinto maior país do mundo, superando a concorrência (Honda CB 650F e a XJ6 da Yamaha).

O face-lift que a Yamaha MT-07 passou para o modelo 2019, juntamente com a adição de um assento mais confortável, tinham como objetivo a volta da Yamaha para a liderança do seguimento. Além dessas inovações, a moto ganha novas suspensões. Você encontra todo esse conforto nas concessionárias Yamaha desde outubro de 2018.

Design

A nova MT-07 está com a aparência mais volumosa. Além do já citado farol maior, há também o tanque, que está com carenagens laterais onde há maiores entradas de ar.

Mudança importante

Outra mudança muito importante para aumentar o conforto de quem pilota a MT-07 é o acerto das suspensões. Estamos com novas molas no lado de dentro do garfo, além de novo óleo!

Na parte de trás, houve um ajuste de retorno no monoamortecedor. E a mola ganhou uma nova regulagem.

Detalhes do Motor e Potência

Apesar de não ter mudado, ainda vale destacar os detalhes do coração da moto: o motor.

O motor é bicilíndrico com volume de 689 centímetros cúbicos e o resfriamento é feito com líquido. O desempenho continua tão bom quanto antes. A Yamaha conseguiu garantir um bom torque desde a baixa rotação até as altas devido à configuração que colocou no virabrequim, com intervalos de ignição de 270 graus. O torque máximo é alcançado nas 6.500 rotações por minuto, com 6,9 kgfm.

O torque dá condições para rodar com conforto e baixo consumo de combustível numa cidade como São Paulo. De acordo com testes, a moto faz algo próximo de 23,7 km/L na cidade.

Nós já havíamos citado os 74 cavalos de potência. Só não mencionamos que a moto entrega essa potência nas 9.000 rotações por minuto. Isso permite com que você consiga rodar a altas velocidades sem dar aquela “esticada”.

A autonomia do tanque de combustível de 14 L da MT-07 é de aproximadamente 300 km.

Vale à pena a compra dessa moto para quem quer uma moto confortável para o dia a dia!

Por Bruno Rafael da Silva

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *