Yamaha Crosser 150 2019 – Novidades





Modelo ganhou freios ABS e custa a partir de R$ 12 mil.

Uma das maiores indústrias automobilísticas japonesas está com nova estreia no mercado internacional, neste início de 2019. Os especialistas estão alerta.

Trata-se do novo lançamento da companhia Yamaha, a qual fez revelar seu inédito modelo, edição de 2019, da motocicleta Crosser 150, para o mercado do Brasil, ou seja, este veículo que chegará às concessionárias no próximo mês de março. Ela consiste na principal novidade da empresa, tornando-se a moto que ganhou um novo sistema de freio ABS, instalados em sua parte dianteira, de modo que seja possível a mesma cumprir a lei federal, que impõe o dever da presença dos itens de segurança no aparato de frenagem, em todo o conjunto das motos vendidas em território brasileiro.




Este modelo está vazado em duas versões não muito distintas, porém, dentro da mesma faixa de preços:

A versão Crosser 150 S está custando em torno de R$ 12.399. Já a versão Crosser 150 Z está custando R$ 12.599. São preços bastante acessíveis para um modelo de alta categoria.


Entre outros atributos pertencentes a este modelo, estão:

Junto ao sistema de freios ABS, o modo de freio na parte dianteira foi acrescido de um disco maior. Na sua parte traseira, este mesmo modelo está desprovido do tipo de freio do operante a tambor, sendo, agora, munido do sistema de frenagem a disco.

Entre os seus concorrentes, a grande rival é a moto produzida por outra máxima companhia automobilística, a intitulada Honda Bros 160, que é comercializada pelo valor de R$ 12.250, entretanto, o mesmo modelo está munido de um sistema de freios do tipo combinado.

O modelo Crosser está munido de um motor tipo monocilíndrico de 149 CC Flex, que é capaz de entregar desempenho de 12,2 cavalos de potência, quando movido a gasolina e o desempenho de 12,4 cavalos quando movido a etanol.

Sobre o sistema de frenagem tipo ABS ou CBS, tornados obrigatórios pela lei federal, seguem as informações:

Desde o ano de 2016, todas as fabricantes de motos iniciaram nova modalidade na produção do sistema de frenagem, sendo todas obrigadas a incluir o sistema de freio ABS ou o CBS, sendo instalados em grande parte das novas unidades saindo da plataforma.

Deste modo, a partir do dia 1º do mês de janeiro de 2019, esta exigência legal saltou de 60% para 100%, abrangendo a totalidade de todas as novas motos fabricadas ou mesmo sobre as motos importadas diretamente para o Brasil.

Estas medidas federais visam a manter a segurança no trânsito, exigindo maior precisão no aparato mecânico dos veículos.

Somente as motos equipadas com potência menor que 300 CC poderão optar pela alternativa de sistema CBS, ao passo que a motos munidas de maior potência terão o dever de incluir o sistema ABS. Entretanto, ainda assim será bem possível encontrar alguns modelos de motos, produzidas no ano de 2018, que estejam desprovidas dos equipamentos disponíveis nas lojas. Todo cuidado é pouco, e todos os proprietários necessitam estar muito atentos às exigências legais, submetendo seus veículos a todas as adaptações necessárias, nesse sentido.

Sobre a empresa:

A organização empresarial Yamaha Motor Company Limited consiste em uma grande empresa japonesa, responsável pela produção, sobretudo de motocicletas, de quadriciclos, de motores, entre outros veículos e aparatos técnicos. A empresa é parte integrante da Yamaha Corporation. Está entre as mais bem sucedidas no mundo e da história automobilística.

Paulo Henrique dos Santos

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *