Viagem de Moto – Dicas e Cuidados





Saiba aqui como se preparar para viajar de moto.

Viajar de moto é sempre uma opção para quem gosta de uma boa aventura. A sensação de liberdade e a economia do veículo tornam este meio de transporte um dos mais utilizados atualmente.

Com o fim de ano chegando e as merecidas férias, muitos certamente vão tirar suas motos da garagem para viajar. Se você é um desses que não abre mão de uma aventura em duas rodas, sabe que assim como os carros, as motos precisam daquela checagem antes de cair na estrada.




Por isso, preparamos estas dicas de como fazer aquela revisão na sua moto e seguir viagem tranquilamente sem preocupação com eventuais “perrengues”. Confira:

O que checar antes da viagem?

Antes de viajar, assim como um carro, a sua moto também precisa de uma boa revisão. Para esta revisão básica, verifique quatro pontos importantes: os pneus, o óleo, parte elétrica e pastilhas de freio.


No caso dos pneus, precisam estar com o TWI (indicador de desgaste máximo do pneu) em ordem. Além da calibragem que dever ser feita de acordo com as recomendações do fabricante.

O óleo também é outro item indispensável e deve ser trocado em determinado tempo, de acordo com a recomendação do fabricante.

Em relação à parte elétrica, é importante que os faróis (alto e baixo) estejam funcionando adequadamente. Além das setas (piscas), lanternas traseiras, luz de placa, luz de freio e buzina.

Em seguida, verifique as pastilhas de freio, afinal, não dá para ficar sem freios no meio do caminho e correr risco de acidente. E por último, mas não menos importante, não esqueça de abastecer, pois viajar com o tanque cheio é mais seguro.

Verifique a bagagem e equipamentos de segurança

O capacete precisa estar em ótimo estado, com viseiras limpas e travas de segurança funcionando. Também é importante usar jaquetas e calças específicas para motociclistas, para o seu conforto e segurança.

O calçado, preferencialmente uma bota específica para moto, também para conforto e segurança e use sempre luvas para que consiga melhor movimento na direção. Além disso, em relação à bagagem, leve apenas o essencial, pois as motos não possuem porta-malas como os carros.

No entanto, para levar mais itens, poderá acoplar um baú ou alforje a sua moto. Nesse caso, certifique-se que a sua bagagem está bem fixada no veículo, para que não perca nada pelo caminho.

Além disso, leve com você um kit de ferramentas e um kit de reparos emergenciais. E se possível instale em sua moto uma antena de pipa, para evitar acidente com linhas de pipa durante a viagem.

Não esqueça a documentação

Outro item importante que deve estar organizado antes da viagem é a documentação. Veja a documentação necessária:

  • Documentação da moto
  • Documentos pessoais e carteira de habilitação
  • Cartão do seguro
  • Telefones úteis da seguradora

Dirija com segurança

Após ter a documentação em dia, todos os itens verificados e partir para a viagem. Nessa trajetória, ainda deve tomar alguns cuidados.

Por exemplo, ao realizar uma ultrapassagem de veículos primeiramente verifique se a via permite ultrapassar, para isso observe se há faixa com traços. Para a ultrapassagem de veículos longos com caminhões e ônibus em pistas simples é preciso muita cautela.

Ou seja, antes de ultrapassar dê os sinais, sinalize com a seta e o farol alto para que o motorista que vem atrás e o da frente saibam que você vai ultrapassar.

Em caso de neblina densa, diminua a velocidade, use a faixa do acostamento como guia, tenha muita atenção e utilize sempre o farol baixo. Caso esteja muito difícil prosseguir, pare em um lugar seguro, longe da rodovia para evitar acidentes.

O ideal é evitar viajar em dias chuvosos, mas se esta condição adversa te pegar de surpresa pelo caminho, é preciso tomar alguns cuidados. Uma opção é usar roupas claras ou refletivas para que outros condutores possam te ver melhor. Além disso, todos os itens de segurança do veículo precisam estar em ordem.

Mais uma vez é preciso ter muita atenção ao pilotar, e caso a chuva seja muito intensa, procure um lugar seguro e pare até que diminua e possa prosseguir com segurança. Jamais siga viagem se não estiver enxergando ou ficando desequilibrado devido à chuva.

Raquel Cordeiro



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *