Novas Honda CB 650R e CBR 650R 2020 – Preços e Pré-Venda





Confira aqui mais detalhes sobre as novas R e CBR 650R 2020.

Os modelos CB 650R (naked) e CBR 650R (esportiva), da gigante japonesa Honda, apresentados no Salão Duas Rodas, evento que aconteceu em novembro do ano passado, na cidade de Porto Alegre, começarão a ser comercializados a partir de março. A nova geração de motocicletas médias da Honda chega com novidades técnicas e visuais, com valores que vão de R$37.900,00 (para a naked) e R$39.500,00 (para o modelo esportivo).

Desde 2014, quando a linha 650 começou a ser comercializada no Brasil, cerca de 14 mil unidades já foram vendidas. O modelo 650 veio para substituir a Hornet e teve foco no uso cotidiano, investindo em uma motocicleta mais “dócil”. Com os novos modelos, a Honda quer buscar de volta – pelo menos em parte – a emoção e a pegada esportiva de motocicletas médias da marca. Além disso, a CB 650R e a CBR 650R também se apresentam como portas de entrada para as motocicletas tetracilíndricas da marca japonesa.




A nova CB 650R vem com um conceito de design Neo Sports Café – já apresentado pela Fireblade – mesclando linhas que trazem uma pegada minimalista com o clássico farol circular, marca registrada das motocicletas Honda, embora no novo modelo a iluminação seja em LEDs. Já o novo modelo da CBR 650R buscou inspiração na CBR 1000RR, a Fireblade, uma superesportiva da Honda. Os faróis mais finos e as carenagens com traços mais pesados também merecem destaque. A CBR 650R segue com a ideia de que uma sport-touring pode ser facilmente pilotada por pessoas que ainda estão iniciando em motos de alta cilindrada. Em consonância às novidades dos modelos que serão lançados, os nomes dos modelos também foram trocados: a letra F agora dá lugar à letra R, usada para designar as motocicletas Honda com pegada mais esportiva.

Com relação ao motor, tanto a CB 650R quanto a CBR 650R têm um motor de 4 cilindros e 649 cc como base, entregando 88,4 cv de potência a 11.500 rpm. Com o intuito de alcançar mais força mesmo em baixas rotações, os pistões e as câmaras de combustão foram redesenhados. A embreagem também sofreu mudanças e agora é assistida, reduzindo em 12% o esforço do manete.


As principais diferenças entre os novos modelos (R) e os anteriores (F) encontram-se na balança traseira, no qual a CB 650R apresenta uma diminuição de quatro quilos com relação à antiga. A suspensão dianteira agora tem um garfo invertido Showa SFF, e isso acarretou mudanças às traves que sobem rumo ao guidão. Os freios agora têm discos flutuantes na dianteira, apresentando quatro pistões que se fixam em posição radial. As rodas também são mais leves, apresentando pneus 120/70 ZR17 nas rodas da frente e 180/55 ZR17 nas de trás.

Visando uma posição de pilotagem também mais esportiva, os novos modelos apresentam modificações. Na CB 650R, o guidão foi abaixado em 8 mm e avançado em 13 mm, e as pedaleiras sofreram uma elevação de 6 mm, e um recuo de 3 mm. Já na CBR 650R, os semi-guidões foram avançadas e posicionadas a fim de auxiliar o piloto de modo que este possa aproveitar com mais dinamismo a proteção oferecida pela bolha para-brisa.

Sobre as cores: a CB 650R estará disponível nas cores azul, prata e vermelho. Já a CBR 650R chegará nas cores cinza e vermelho. Tanto a CB 650R e a CBR 650R terão garantias de três anos, com assistência técnica 24h durante este período. Os dois modelos também dispõem de freios ABS, embreagem deslizante e controle de tração.

Sabrina Ferraz Fraccari

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *