BMW S 1000 RR – Lançamento, Características



Novo modelo da BMW será lançado no Brasil com características atrativas e valor a partir de R$ 118.750.

Com fabricação na planta de Manaus, no Amazonas, chega em território brasileiro a moto superesportiva da BMW, a S 1000 RR. A grande novidade é que ela será lançada com o pacote M da montadora. A sua chegada está prevista para o dia 21 de setembro deste ano de 2020 e conta com um preço estimado a partir de R$ 118.750.

O diferencial do lançamento, o pacote M, que anteriormente era apresentado somente em automóveis de alto desempenho da marca, agora chega de maneira inédita para a S 1000 RR. Como pontos de destaque, a moto apresenta uma pintura única Motorsport tricolor, kit chassi exclusivo, amortecedor na parte de trás e o seu banco esportivo com letras bordadas.



Outros pontos importantes a se destacarem na S 1000 RR são o aprimoramento em termos da relação entre o seu peso e potência. Isso acontece devido a adição de suas novas rodas fabricadas em fibra de carbono, que em comparação com a antiga geração da moto tem uma redução de peso em 1,7 quilogramas. A bateria de lítio também ficou mais leve em 2 quilogramas. A geração anterior a essa da S 1000 RR apresentava um peso total de 208 kg, sendo que com as modificações, a nova versão conta com 193,5 kg, uma redução de 14,5 kg.

Com tudo isso, a nova moto superesportiva da BMW apresentará uma redução na sua massa rotacional. Esse ponto vai acarretar em um ganho consequente de pontos importantes como a aceleração e sua frenagem.



A S 100RR também apresenta o seu quadro flex frame mais leve, devido ao seu novo layout. Com ele, o piloto consegue fechar melhor os seus joelhos, o que oferece uma melhor liberdade de movimento.

Leia também:  Motos Mais Vendidas no Brasil - 1º Semestre 2017

Em termos de propulsor, a S 1000 RR apresentará o já conhecido motor de 207 cavalos com quatro cilindros. Ele ainda conta com um torque total de 11,5 kgfm a 1000 rotações por minuto. A BMW apresenta um outro ponto positivo para esse quesito, que é a sua tecnologia de comando de válvulas, a ShiftCam. Com ela, os donos da moto superesportiva terão a possiblidade de tanto em rotação alta como intermediária ou baixa, ter uma experiência máxima em termos de potência e torque.

Quem adquirir a nova S 1000 RR contará com cinco modos de pilotagem: são eles o Race, Dynamic, Road, Raine e o Modo Pro. Este último é voltado para quem optar em pilotar a moto da BMW em pistas de corrida. O modo Pro vai disponibilizar para o dono da superesportiva mais três opções de configuração, as quais ofertam um melhor controle da tração e aprimoramento da entrega em termos de potência. A garantia de fábrica do modelo é de 3 anos.

Com a expansão do pacote M dos carros para as motos da montadora alemã com foco em alto desempenho, além da S 1000 RR, a BMW também vai aplicar essas novidades em outros modelos da marca, as quais seriam a Maxitrail R 1250 e a S 1000 XR.

Nos equipamentos de série, a superesportiva apresenta assistente de partida em subida, freio ABS Pro, assistente de trocar de marchas pro, controle de tração dinâmico (DTC), ajuste de compressão, retorno e pré-carga, farol dianteiro feito em LED, luz de freio dinâmico, rodas em liga leve, tanque de combustível produzido em alumínio, painel TFT com 6,5 polegadas, imobilizador eletrônico, luzes de direção em LED e transmissão por corrente.

Para aqueles que optarem pela compra da S 1000 RR em sua versão premium, além dos itens citados, também apresenta o controle de suspensão ativa (DDC), controle eletrônico de velocidade, monitoramento de pressão dos pneus, manoplas com aquecimento, banco do passageiro e os modos de pilotagem PRO. Essa versão também conta com um peso total maior em 197 kg.

Leia também:  KTM 390 Duke 2018 - Preço e Novidades

Por Karin Cristina Cubas

BMW S 1000 RR

BMW S 1000 RR

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *