Nova Ducati Monster 2021 – Novidades e Preço



Novo modelo chega ao mercado mais potente, leve e agressivo.

O ano de 2020, pelo menos para a Ducati, se encerra como um ano positivo, graças a apresentação da nova Monster 2021. Com estilo e mecânica renovados, apesar de parecer uma mistura da Yamaha MT-07 e da MV Agusta Brutale, a Monster vai além desta semelhança. Conforme o que foi visto na apresentação realizada pela Ducati, o briefing montado pelo time de design teve o objetivo de realizar um “ristretto”, uma retomada da essência presente no modelo.

O desejo da marca italiana foi o resgate das raízes da Monster, como motocicleta “naked” divertida e leve, voltada para o dia a dia, mas sem ficar focada no caráter nostálgico. O objetivo é aparentar uma evolução da Monster 821, sendo visualmente mais elegante e com menor volume e mais agressividade.



Design e peso

O refinamento da Monster 2021 não é apenas superficial. O motor Testastrett 11° com 937 cc permite o alcance de 112 cv de potência a 9250 rpm e 9,5 kgfm de torque a 6500 rpm. A Ducati ainda confirma que a faixa de torque está disponível em rotação mais baixa, o que se torna uma vantagem importante para os pilotos, deixando a moto com maior agilidade. O quadro frontal da Monster 2021, feito em alumínio, é oriundo da Panigale V4, pesando 3 kg, peso 60% menor que o quadro de treliça da versão anterior. O sub-chassi traseiro teve seu peso reduzido em 1,9 kg, auxiliando o motor na composição de seu peso total, que chega a apenas 166 kg. Em relação ao peso total, a versão 2021 é 18 kg mais leve.

Outros recursos presentes na Monster 2021 são o painel colorido TFT, com 4,3”, iluminação full-LED, freios ABS, com a presença da função curva, controle de tração, controle de empinada anti-Wheelie, controle de largada e câmbio com 6 marchas que traz o quick-shifter para baixo e para cima. A nova geração conta ainda com três modos de pilotagem: Sport, Touring e Urban, além do manete da embreagem, com maior leveza e tolerância em comparação ao modelo anterior.

Leia também:  Nova Honda Valkyrie Gold Wing deverá ser lançada no Brasil


Suspensão, freios e rodas

A suspensão é composta por um garfo invertido com 43 mm posicionado na parte dianteira, um monoamortecedor, ajustável, localizado na parte traseira e uma balança de alumínio. As rodas, em liga leve, contam com pneus Pirelli Diablo Rosso III e os freios, Brembro, são compostos por disco duplo radial, semi-flutuante, com 320 mm na parte dianteira e na parte traseira por um disco simples de 245 mm.

Versões e valores

A Ducati Monster 2021 será disponibilizada ao mercado em duas versões: a regular e a Monster +, esta última com a adição de pequena carenagem e cobertura no banco traseiro. A Ducati Monster em suas versões contará com três opções de cores: Cinza Aviador com aros vermelhos fluorescentes, Preto Fosco e o Vermelho Ducati. No mercado norte-americano os preços apresentam valores menores em relação a suas antecessoras. O modelo normal é comercializado a US$ 11.895 (aproximadamente R$ 64.200) em sua versão normal e US$ 12.195 (R$ 65.850) na versão Monster +, o que representa respectivamente menos US$ 10 e US$ 790.

Já no mercado brasileiro ainda não há data prevista para início da comercialização dos modelos 2021. Porém, mesmo sem a definição de uma data, é importante não alimentar expectativas em relação a valores baixos, pois dificilmente os preços praticados nos Estados Unidos serão repetidos em terras brasileiras. O que resta a fazer é esperar por maiores informações em relação à valores e data de comercialização e ir alimentando o imaginário baseado nas informações obtidas na apresentação realizada pela fabricante italiana. Estas informações são suficientes para que os fãs da Ducati tenham noção do que está por vir.

Luis Fernando Bernardo

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *