Novo Honda ADV 150 2021 – Análise do Scooter



Confira aqui os prós e contras do Novo Honda ADV 150.

Com ótima suspensão e um visual que remete a aventuras próximas à natureza, a nova Honda ADV 150 acabou se tornando um scooter urbano que enfrenta qualquer piso, mesmo aqueles ruins que castigam qualquer veículo. Ninguém mais duvida que o scooter se tornou um dos melhores meios de transporte atualmente, pois transita facilmente por toda cidade, mesmo com trânsito ruim, além de ser fácil de pilotar, garantindo economia e segurança.

Outro importante diferencial é o porta-objetos debaixo do banco que tem um espaço generoso para levar muita coisa. Mas um dos grandes problemas desses veículos está justamente no piso ruim da grande maioria das cidades brasileiras. Como têm rodas menores que as motos e as suspensões são de curso reduzido, o piloto acaba sofrendo muito no dia a dia.



Mas a Honda ADV 150 chegou para acabar com esse problema e por isso o lançamento era tão aguardado. O principal destaque é realmente a proposta aventureira do modelo que é sucesso em vários países, a questão é que o valor da importação é salgado, chega a R$ 71 mil e isso atrapalhou o plano de muitos consumidores. Mas a empresa decidiu replicar essa mesma proposta em um modelo com preço bem mais em conta e foi aí que surgiu o ADV 150.

Esse lançamento conta com o mesmo motor, chassi, transmissão e alguns outros itens do PCX, mas traz alterações nos pneus e suspensão, além de oferecer uma nova posição para o piloto, com isso garante maior tranquilidade em pisos ruins e até mesmo em ruas não pavimentadas. O garfo telescópico tem 30 mm a mais que o PCX e os amortecedores traseiros contam com reservatório de óleo individual, assim não precisou alongar a peça.

Leia também:  Honda XRE 300 2019 - Novidades e Preço


Mas as boas notícias não param por aí, as molas traseiras contam com três estágios que trazem elos bem próximos na parte de cima e é isso que impede aquelas desagradáveis batidas secas. Na parte de baixo, elos mais distantes que garante conforto no trajeto. Esse é um modelo que realmente chegou para enfrentar as ruas e avenidas das cidades brasileiras, que na maioria das vezes são péssimas.

A altura do solo passou por mudança também, chegando a 165 cm, enquanto no PCS são 137 mm. Os pneus são mais largos, sendo 110/80 na dianteira que tem aro 14 polegadas, enquanto na traseira são pneus 130/70 com aro de 13 polegadas. O piloto sentirá maior conforto também porque assumirá uma nova postura, uma vez que o guidão ficou mais aberto, o que lembra as motos trail, enquanto o ângulo de ataque da suspensão ficou mais fechado. Isso deixa o veículo não só mais ágil, como também ajuda a superar os obstáculos.

O motor monocilíndrico é o mesmo do PCX, com arrefecimento a líquido e 149,3 cc, mas a ADV 150 tem o coletor de admissão mais longo e assim consegue entregar mais força mesmo quando se está em baixa ou média rotação. A Honda fez questão de procurar um trajeto para testar seu lançamento que é semelhante ao que os usuários enfrentarão no dia a dia. A avaliação foi feita por cerca de 150 km entre São José dos Campos e São Francisco Xavier, em São Paulo e o resultado não poderia ser melhor.

O trajeto conta com um pouco de cidade, estrada e até terra, mas a ADV 150 enfrentou tudo com tranquilidade. A altura mais elevada faz toda diferença, mas pode ser um problema para os baixinhos, por isso é importante testar e ver se não haverá problema no dia a dia.

Leia também:  Kawasaki Versys 1000 GT 2020 - Novidades, Preço e Análise

Um erro da Honda foi colocar freios a disco com ABS só na dianteira, pois o Yamaha NMAX 160 oferece essa opção nas duas rodas, o que pesa muito na hora do consumidor comparar. Mas na prática a ADV 150 se sai bem, o freio dianteiro dá conta do recado e o traseiro dificilmente trava, a não ser que o piloto realmente coloque força na manete.

O modelo chega nas cores branca e vermelha e já é encontrado em algumas lojas pelo preço de R$ 19 mil.

Por Russel

Please follow and like us:

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RSS
Follow by Email