Aima M3ZU – Ficha Técnica, Características


O modelo Aima M3ZU se destaca pelo seu estilo único e com um design bastante leve e com uma potência que alcança os 800 watts.

Com chegada ao mercado dos chamados automóveis elétricos, um mercado que tem crescido bastante é o de motos de menor porte e que facilitam muito o dia a dia das pessoas que precisam se deslocar rapidamente nos centros urbanos.


Neste sentido, o mercado das chamadas scooters e streets nacionais vem ganhando cada vez mais força e mais adeptos.


Nos últimos anos, com as facilidades de importação, o mercado brasileiro foi praticamente “invadido” por uma enxurrada de marcas oriundas, em maior quantidade, dos países asiáticos e que buscam todo custo ganhar cada vez mais usuários.


Um destes modelos que já ganhou a confiança de muitos consumidores brasileiros é o modelo M3ZU da fabricante chinesa Aima.


Ela se destaca frente as suas demais concorrentes da marca pelo seu estilo único e com um design bastante leve e com uma potência que alcança os 800 watts.

Desde a sua chegada ao mercado brasileiro em novembro de 2019, ela está conseguindo conquistar cada vez mais a preferência de um público específico de consumidores que a cada dia prefere trocar o tradicional automóvel por um meio de transporte mais rápido, barato, eficiente e mais limpo e que garanta uma melhor mobilidade dentro do caótico trânsito das grandes cidades. No Brasil, esta questão não poderia ser diferente.

Nestes tempos de economia e de uma maior conscientização sobre a questão ecológica em todo o mundo, é indiscutível o esforço que está sendo feito para a obtenção de fontes de energia mais barata e mais limpas, ou seja, que não venham contribuir para a poluição do meio ambiente.

A Aima M3ZU surgiu no mercado de scooters como uma das alternativas para esta questão de fontes alternativas de energia que possam facilitar o dia a dia das pessoas e sem levar a uma degradação acelerada do meio ambiente.

No aspecto visual, o modelo chinês lembra muito aquelas antigas lambretas que muito dos nossos parentes gostavam de usar nos anos 50 e 60. Só que ela ganhou um estilo mais moderno e com linhas mais suaves e bem mais modernas.

Apesar do seu estilo bem mais refinado, a M3ZU foi projetada para suportar até 100 kg de carga da própria moto mais um adicional de até 50Kg de carga.

Em termos de potência, o motor Aima foi desenvolvido pela indústria alemã, o que garante uma eficiência de cerca de 800watts. Nesta marca, o modelo chega a atingir uma velocidade em torno de 45 Km/h. Para quem convive com os engarrafamentos nas cidades, talvez não possa estranhar tal marca, o que ajuda muito na hora de cortar aquela imensa fila de carros e chegar mais rápido ao seu destino.

Em termos de autonomia, a bateria que vem com o modelo de fábrica apresenta uma autonomia de cerca de 60 a 80 Km, o que e bastante significante para quem costuma se deslocar apenas dentro dos centros urbanos. Dependendo da distância, dá até para se deslocar entre cidades vizinhas que estejam situadas dentro deste limite de deslocamento.

O usuário tem que ficar bastante atento para o tempo de recarga da bateria que é de 6 a 8 horas. O modelo de fábrica inclui um módulo de carga de 60 Volts e 32 Amperes. Portanto, é sempre bom planejar com antecedência o trajeto a ser feito e programar as recargas para que não possa ficar pelo meio do caminho.

O modelo vem com um carregador do tipo Bivolt com uma entrada do tipo USB, portanto, dá para conectar facilmente em qualquer lugar.

A Aima M3ZU conta com freio a tambor e a disco na roda traseira e dianteira respectivamente e pneus aro 10.

Para quem gostou do modelo e já se prepara para comprar a sua, então é bom se preparar para ir separando a quantia de R$ 10.000,00, que é o valor médio do modelo comercializado nas concessionárias da marca espalhadas em algumas cidades brasileiras.

Por Daniel Feitosa



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.