Motos elétricas – quais marcas já possuem modelos?

Confira aqui quais marcas já possuem motos elétricas disponíveis para venda.

Com a alta dos preços de combustíveis em todo o Brasil, motoristas e pilotos acabam tendo de buscar alternativas mais econômicas para se locomover e uma delas são as motos elétricas ou scooters. As vendas de motos elétricas têm crescido no país, sobretudo pela economia que são capazes de gerar, mas também pela oferta de modelos variados disponíveis no mercado. Caso você esteja buscando uma opção de scooter, mas não faça ideia de quais marcas produzem e nem quais modelos estão disponíveis no mercado brasileiro, este texto é para você.

As lojas nacionais já contam com vários modelos de motos elétricas, com preços e funcionalidades bem distintas entre si, de modo a atender os diferentes públicos. Mas quais marcas e modelos de motos elétricas estão disponíveis no mercado brasileiro? É isso que vamos te responder agora.

Começamos com uma marca que provavelmente você já deve ter escutado por aí em algum momento: falamos da Shineray, montadora chinesa com sede em Pequim, que atua no ramo de motos, triciclos, ciclomotores e quadriciclos. A Shineray chegou ao Brasil no ano de 2005 e, em 2015, inaugurou por aqui a primeira montadora fora da China, no Cabo de Santo Agostinho, estado de Pernambuco, e pode produzir até 205 mil unidades por ano.

Entre os modelos de scooters fabricados pela Shineray estão a Scooter PT2, com motor de 2000 W, bateria recarregável (8 a 10 horas para recarga completa), velocidade de até 50 km/h e com capacidade para carregar até 160 kg, ou seja, dois ocupantes mais bagagem. A PT2 está disponível nas cores preto, verde, vinho, vermelho, azul, amarelo e laranja, e tem valor de fábrica de R$ 9.190,00. Nessa mesma linha, com pequenas variações, temos a PT2 S e a PT2 R.

Leia também:  Nova Honda XRE 300 2016 - Preço e Novidades

Outra marca de scooters elétricas é a Voltz, empresa brasileira. Fundada em 2017, no ano passado a empresa recebeu um investimento de 100 milhões de reais.

Entre os modelos de motos elétricas produzidas pela Voltz está a EV1 Sport, o primeiro modelo da marca brasileira. Disponível no mercado por valores a partir de R$ 14.990, a EV1 pode ser equipada com até duas baterias, recarregáveis em até 5 horas. Com duas baterias, atinge a velocidade máxima de 75 km/h e tem autonomia de 180 km andando na velocidade média de 35 km/h.

Há também a GWS, marca com representantes em São Paulo, Santa Catarina e no Rio de Janeiro. Entre os modelos da GWS disponíveis no mercado está a K4000RP, modelo que lembra bastante as tradicionais Lambrettas e possui bateria de 4.000 watts, recarregável em até 10 horas e alcança a velocidade máxima de 70 km/h. O modelo está disponível no mercado por valores a partir de R$ 26.300.

Temos também a Bull Motors, empresa brasileira fundada em 2002. A sede da empresa é em São Paulo, mas há centros de distribuição no Rio Grande do Sul, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Sergipe. Entre os modelos de scooters produzidos pela Bull Motors está a ÍON – Eko City, modelo com motor de 1200 watts, rodas aro 10’’, bateria de grafeno, velocidade máxima de 45 km/h e autonomia de até 60 km/h. A ÍON – Eko City está disponível no mercado por valores a partir de R$ 11.249,00.

E, por último, temos a Super Soco, marca específica de scooters criada pela australiana Vmoto e presente há mais de 20 anos no mercado brasileiro. A Super Soco, vale pontuar, é, atualmente, a scooter mais vendida no continente europeu. Entre os modelos da Super Soco está a Super Soco CU, que alcança a velocidade máxima de 45 km/h, possui bateria íons-lítio que garante autonomia de 50 km, rodas de liga leve aro 12’’ e motor de até 1200 watts. A Super Soco CU está disponível para compra a partir de R$ 19.990.

Leia também:  Honda Biz 110i 2016 - Lançamento e Novidades

Sabrina Ferraz Fraccari

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.