Motos mais roubadas e furtadas em SP 2022

Confira aqui a lista com os modelos de motos mais roubados e furtados em SP em 2022.

Com o preço dos combustíveis nas alturas, está cada vez mais comum vermos os motoristas de todo o Brasil se virando nos trinta e buscando novas alternativas para se locomover. As pessoas que antes planejavam ter um carro, acabaram vendo que as despesas com o veículo atualmente não estão compensando e passaram a procurar motocicletas.

E com o aumento das motos tanto nas vendas como nas ruas, não era de se surpreender que o número de furtos de motocicletas também aumentasse nos últimos anos. Este ano (2022), no estado de São Paulo, foram registrados 5 mil roubos e furtos de motocicletas durante apenas os dois primeiros meses do ano. Este número é 23,88% maior do que comparado ao que foi registrado neste mesmo período de 2021. Vale lembrar que estes dados foram levantados pela Ituran através do seu gerente de operações Rodrigo Boutti, que utilizou para análise os dados da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo.

Motos Mais Roubadas ou Furtadas em SP (Período entre Janeiro e Fevereiro de 2022):

De acordo com a pesquisa, o modelo de moto mais roubado e furtado no estado de São Paulo foi a Honda CG 160, que teve 1.372 registros.

Já a segunda colocação ficou com a Honda CG 150, que teve 476 unidades roubadas ou furtadas durante o período.

Na terceira colocação ficou outro modelo da Honda, desta vez a CG 125, que contou com 374 unidades roubadas ou furtadas.

Na quarta colocação ficou a Honda CBX 250 Twister, que teve registrado 287 furtos ou roubos durante o período.

Leia também:  Ducati Supersport 2019 - Lançamento, Preço e Novidades

Já na quinta colocação temos uma moto da Yamaha, a Fazer 250, que teve 270 unidades roubadas ou furtadas entre janeiro e fevereiro de 2022.

A sexta colocação ficou com a Honda PCX 150, que em dois meses registrou 247 unidades roubadas ou furtadas.

A sétima colocação ficou com a Honda XRE 300, que teve 243 registros de roubos e furtos durante o período pesquisado.

Na oitava colocação ficou a Honda Biz, com 138 unidades furtadas ou roubadas nos dois primeiros meses do ano.

Na nona posição está a Honda NXR 160 Bros. A motocicleta registrou 121 unidades furtadas ou roubadas nos dois primeiros meses no estado de São Paulo.

Já na décima posição ficou a Honda CB 300. A moto teve 94 unidades roubadas ou furtadas no estado de São Paulo entre os meses de janeiro e fevereiro.

Cidades com Mais Ocorrências de Roubo ou Furto de Motos no Estado de São Paulo

A pesquisa também levantou as cidades que tiveram os maiores índices de roubo e furto de motocicletas durante os dois primeiros meses do ano.

A primeira colocação ficou com a cidade de São Paulo. A Capital Paulista registrou 2.021 ocorrências de furto ou roubo de motos durante o período.

Já na segunda colocação ficou a cidade de Campinas, com 220 registros de roubo ou furto de motos.

Em terceiro ficou a cidade de Santo André, que teve ao todo 186 registros de roubo ou furto de motos.

Na quarta colocação está a cidade de Guarulhos. O município teve ao todo 173 registros de roubo ou furto de motos.

Por fim, na quinta colocação ficou a cidade de São Bernardo do Campo, com 163 ocorrências de roubo ou furto de motos.

Leia também:  Harley-Davidson Street Rod 750 - Lançamento e Novidades

O ano está apenas começando e ainda temos muitos meses até o seu final. Esperamos que neste tempo que resta as autoridades tomem providências e tenhamos uma queda nestes números. Caso contrário, o estado de São Paulo caminha para mais um ano com recorde de ocorrências de furto e roubos tanto de motos como de carros.

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.