Nova moto deve ganhar linhas mais parecidas com a da Ninja H2 e contará com o sistema supercharger.

Não há como negar que as motocicletas da Kawasaki, por todo o mundo, são sinônimos elegância e são caracterizadas como sonho de consumo de muitas pessoas devido a imponência e qualidade. E como não poderia ser diferente, os recentes lançamentos da marca, as enfurecidas Kawasaki Ninja H2 e H2R, causaram uma verdadeira agitação, pois estas são equipadas com propulsores de quatro cilindros de 1 litro com sobrealimentação realizada por supercharger, que são capazes de gerar incríveis 200 a 300 cavalos de potência, respectivamente.

Apesar de todo esse conjunto atrair a atenção de muitos consumidores, os preços dessas motocicletas não ficarão muito acessíveis, haja vista que a H2 custa R$ 120 mil e a versão de pista (H2R) sairá por R$ 350 mil.

Todavia, para aqueles consumidores que ficaram extremamente animados com estas novidades, as notícias são boas, uma vez que a fabricante japonesa está trabalhando na produção de uma nova motocicleta sobrealimentada com valor mais acessível. Segundo as notícias que já estão sendo divulgadas nos bastidores, a Kawasaki irá fazer a expansão da utilização do sistema supercharger em modelos de motocicletas até mesmo menos radicais que a série H2, sendo que a próximo modelo a ser contemplado com esta inovação será a famosa Kawasaki Ninja R2, cujo propulsor dotado de 4 cilindros deverá deslocar aproximadamente 800cc, gerando uma potência máxima de cerca de 190 cavalos e um torque que gira em torno dos 11 kgfm.

Este novo propulsor está sendo desenvolvido com a finalidade de ser mais compacto e leve que o da H2 e teria um compressor de geometria variável, ou seja, trabalhará por meio da variação da angulação de suas pás para que haja uma rotação mais rápida para que não aconteça o “lag” em uma faixa menor de giros.  O intercooler seria uma outra aplicação para fazer o resfriamento do ar antes que entrasse na turbina, fazendo com que ocorra uma indução com maior densidade.

Com relação ao design desse novo modelo, algumas projeções já estão sendo divulgadas, sendo que muitos dizem que são oriundas da própria Kawasaki, nessas projeções é possível visualizar algumas linhas bastante similares às da H2, principalmente nas laterais e rabeta, já a dianteira ficou no estilo mais convencional.

O lançamento desta novidade da Kawasaki tem previsão de lançamento no mercado no início do ano de 2017, porém, com grande chances de aparecer ainda neste ano em algum dos grandes salões de motocicletas.

Por Adriano Oliveira


Nova linha speed triple é lançada na Europa. Modelos chegarão ao Brasil somente no ano que vem.

Posteriormente a apresentação da nova geração da Bonnville, foi a vez de a Triumph lançar a nova linha Speed Triple, com as versões Speed Triple R e Speed Triple S. Segundo a assessoria de imprensa da marca, as novas Speed Triple só chegarão ao território brasileiro no segundo semestre do ano de 2016.

O veículo passou por significativas atualizações, dentre elas está o motor e a parte eletrônica, juntamente com as carenagens e o próprio design.

De acordo com as informações divulgadas pela empresa, o novo motor de 3 cilindros e 1050 cilindradas dispõe de 104 melhorias para que assim pudesse atingir uma potência e também torque maior, em todas as faixas, dessa forma, melhorando o consumo de combustível em quase 10 por cento. Tal moto conta agora com uma nova cabeça de cilindro e câmara de combustão, além de uma nova manivela usinada, aceleradores ride by ride e também um novo desenho do pistão.

A nova motocicleta recebeu também uma nova embreagem, um radiador mais eficiente e menor, além de contar também com um sistema de escape com fluxo melhorado em 70 por cento, se comparado com a versão anterior.

O novo modelo conta com cinco modos de pilotagem, são eles: chuva, estrada, pista, esporte e um modo programável. O controle de tração e o freio ABS podem ser ativados pelo próprio piloto. Pinças responsáveis pelas frenagens são da marca brembo.

As alterações de modos incluem luzes diurnas, novos faróis, assento totalmente novo e carenagens remodeladas, muito mais elegantes.

A nova Speed Triple R, além de possuir todos os itens acima citados, tem conta com alguns acessórios adicionais, como inserções de carbono no tanque, para-lama dianteiro feito em fibra de carbono e um protetor de motor.

A Speed Triple R terá disponível as cores: Crystel White e Matt Grafite. Já as cores para a Triple S serão Phantom Black e Diablo Red.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA





CONTINUE NAVEGANDO: