Modelo chega com mais tecnologia, mas com menos potência.

Os fãs de moto sabem como é importante observar todos os detalhes que acercam um bom desempenho da máquina que está ao seu dispor.

Diante disso, é necessário compreender fatores de risco que podem aparecer quando comprar tamanha potência em seu trabalho. Um dos pontos são os 80 cavalos que compõem a sua estrutura.

A nova BMW F 850 GS chega com desempenho semelhante à de outra moto, a F 750 GS.

Mudanças

A potência de sua irmã, F 750 GS, foi diminuída a essa nova versão e com isso admiradores e pessoas que adoram pilotar uma moto ficaram um tanto decepcionados com esta notícia.

Vale citar que essa mudança se passa justamente por estar regulamentada as novas diretrizes que compõem as leis brasileiras, o que possibilitou essa mudança drástica em sua linha.

Consta que a original alemã venha com 95 cavalos, 20 cavalos a menos do que a nova versão que será lançada em 2019, tirando a emissão de ruídos e tornando economicamente sustentável, preservando a ideia do modelo autossustentável, promovendo a diminuição do gás carbônico e do aumento da temperatura da Terra.

Os motoqueiros poderão ficar animados com a nova linha, já que teve um aumento considerado significativo, alterando dos 798 cilindros cúbicos para 853 cilindros cúbicos.

Outro detalhe que vale a pena citar são os eixos balanceiros que garantem que o piloto se sinta mais a vontade de pilotar e sinta pequenas vibrações durante seu uso.

Essa nova versão pode ser adquirida por R$50.950. Diante disso, na F 750 GS a modernidade se aplica com uma leitura eficiente do painel, além do sistema de partida através do keyless.

Tanque cheio e suas vantagens

Tanta modernidade só pode ser traduzida com uma das novidades que podem caber dos usuários assíduos das redes sociais, que aproveitam para tirarem fotos pelas estradas e paisagens por onde passam, contando com a conexão Bluetooth.

Outra vantagem a ser observada é através da pressão dos pneus e principalmente a hora do repouso.

O tanque pode ser abastecido com até 15 litros, dando liberdade e garantia de rodar no mínimo 300 quilômetros e seu consumo médio por litro é que pode rodar por 20 km.

Vale recordar que para atingir esta marca é preciso controlar o seu acelerador e o câmbio que conta com seis marchas.

A BMW conta ainda com sua roda de cerca de 21 polegadas. Sua fixação externa permite que não precise usar a câmara. A partir disso, é possível diminuir sua resistência sem câmara mantendo o seu equilíbrio perante aos raios da motocicleta, relembrando a aerodinâmica do voo dos pássaros como num todo.

Seus freios presentes neste novo modelo são maiores, com dois discos de 305 milímetros de diâmetro. Na traseira conta com 17 polegadas e 265 milímetros, tornando mais complexo e interessante para os consumidores mais exigentesm que normalmente gostam de observar pequenos detalhes.

Vale a pena comprar?

Mais uma vez vai depender da exigência de cada motociclista, por isso, avalie o seu bolso primeiro antes de tomar uma decisão.

Apesar das facilidades e das vantagens dessa nova versão em relação as anteriores, é possível observar que quem gosta de campo ou da cidade, a BMW F850 GS é perfeita. A sua automação lhe permite dirigir sem maiores problemas, independente da dificuldade que a pista for lhe dar.

Vale a pena verificar a possibilidade do controle de automação dos freios ABS, além dos quatro modos que o condutor pode ter a sua disposição.

Um dos pontos negativos que foram observados em sua análise foi de que neste novo modelo ele é mais pesado e menos rápido. A antiga versão contabilizava 214 kg, essa nova versão possui 229 kg.

A questão da escolha deve partir de cada um, afinal, dirigir um monstro como é a BMW F850 GS versão 2019 é para poucos.

Thalles Cakan


Conheça todas as informações da Nova BMW F 850 GS 2019.

A nova BMW F 850 GS 2019 é uma moto que traz muita modernidade para seus usuários. Essa moto é indicada para quem gosta muito de aventura em cima de duas rodas, pois ela roda muito bem tanto na cidade como na estrada. Esse modelo tem muitos itens eletrônicos, que são bem atrativos para quem está em busca de uma máquina moderna e que ofereça uma viagem cheia de emoção e segurança também. Conheça agora as principias informações da Nova BMW F 850 GS 2019.

Moto sem muita potência

Uma das informações que pode não agradar a muitos usuários, é que esse modelo não tem tanta potência. A marca preferiu investir em tecnologia e deixar a potência mais baixa. O lado ruim dessa notícia, é que muitas pessoas que pilotam, buscam por motos que sejam potentes e possam ter uma aceleração alta. Mas isso não é motivo para não olhar com calma para todas as informações dessa moto, que vai chegar ao mercado conquistando até mesmo quem preza por potência. O motor desse lançamento tem 80 cv, que é considerado pouco por muitas pessoas que conhecem essa marca.

Falando sobre o motor da BMW F850 GS 2019

O motor dessa moto é muito moderno, apesar de não oferecer uma alta potência. A primeira informação sobre o motor é que ele está maior e mudou de 798 cc para 853 cc. Ele ainda tem 2 cilindros paralelos, e uma das novidades é que ele possui intervalo de ignição de 270º. O torque máximo é de 6.250 giros e 9,18 kgfm. Como podemos ver, essa moto tem um motor moderno e que consegue superar as expectativas dos usuários.

Moto com design esportivo

A Nova BMW F850 GS 2019 é uma moto com design esportivo, ideal para curte esportes e pilotar em estradas. Ela é considerada muito compacta e confortável. Outro detalhe da parte externa dessa moto são suas rodas dianteiras, que possuem 21 polegadas, elas possuem raios com fixação externas e dessa forma o usuário pode usar esses pneus sem câmara. O sistema encontrado nas rodas da BMW F850 GS 2019 é um dos mais modernos do momento e tende a agradar a muitos consumidores de moto. Já as rodas traseiras possuem 17 polegadas e são bem resistentes. Os discos de freio ficaram maiores e essa mudança ficou assim:

– Pinça flutuante de dois pistões;

– Dois discos com 305 mm de diâmetro

Nova BMW F850 GS 2019 tem novo quadro monocoque

O novo quadro monocoque vem para trazer estabilidade para o condutor dessa moto, já que ele pode ajustar de forma manual a compreensão da mola e sua velocidade de retorno. Assim é possível ter mais liberdade para conduzir a moto sem correr risco de acidentes. A suspensão dianteira invertida vem com 204 mm de curso, já a suspensão traseira, vem com monoamortecedor com 219 mm de curso.

Preço de mercado

Essa nova moto traz um valor inicial de mercado de R$50.950. Esse valor de mercado é completamente justificável, pois essa moto tem muitos itens modernos, assim como suas funções.

Câmbio com 6 opções de marchas

Outra informação interessante sobre essa moto, é que ela tem 6 opções de marchas. Dessa forma o usuário tem mais liberdade de velocidade e assim fica mais fácil assumir a direção dessa máquina.

Moto com controle de tração

Um dos detalhes de segurança dessa moto, é seu controle de tração que é bem alto. Esse detalhe é muito importante para quem se preocupa com a parte de segurança da moto. Essa moto tem 4 tipos de pilotagem, que serve para deixar o condutor mais seguro para dirigir em diferentes estradas e tipos de situações.

Conclusão final sobre a Nova BMW F850 GS 2019

A Nova BMW F850 GS 2019 é uma moto completa. Que tem um bom motor e muitos detalhes modernos. Ela é indicada para quem gosta de dirigir em diferentes lugares e tipos de estradas.

Escrito por Cristiane Amaral


Veja conferir mais detalhes sobre as motos BMW F 750 e F 850 GS.

A BMW traz para o mercado brasileiro no final deste ano, as novas F 750 e F 850 GS, duas motos potentes, com design moderno, onde o quesito segurança não foi ignorado, pelo contrário, está sempre auxiliando o piloto e contam ainda com muitas novidades. Entre elas há diferenças significativas, então é bom o consumidor conhecer bem cada modelo para ver qual melhor atende seu perfil.

A F 750 e a F 850 GS não são simplesmente uma nova geração, elas foram projetadas quase que do zero, tanto no design, motor, rodas e suspensões. A intenção da fábrica alemã foi deixar os dois modelos bem mais versáteis, atendendo bem o piloto que precisa da moto para o dia a dia e também aquele que gosta de viajar nos finais de semana.

Um dos principais diferenciais entre os dois modelos é que a F 850 GS foi escolhida para ser mais off-road, por isso ela conta com garfos invertidos, enquanto a 750 GS conta com garfo telescópico convencional. E somente a 850 GS conta com o sistema de ajuste eletrônico para as suspensões. Os dois modelos trazem acelerador eletrônico, freios anti-travamento e controle de estabilidade, o que garante muito mais segurança e conforto ao piloto principalmente nas longas viagens.

No caso da 750 GS pode ter um painel digital completamente renovado e que traz conectividade com o smartphone. A iluminação melhorou bastante, o farol é de LED e à noite faz toda diferença. A produção aqui no Brasil destas duas motos já foi confirmada pela BMW, porém, ainda não há uma data prevista de quando os trabalhos terão início e muito menos, quando as vendas começam, tudo indica que seja no final deste ano. A marca alemã também não revelou os detalhes para estas duas motos, mas tudo indica que a F 750 GS, que é a opção de entrada, terá uma configuração standard. No caso da F 850 GS, esta deverá ser bem mais equipada para conseguir competir com a Triumph Tiger 800 XCx.

Quem planeja em ter uma destas motos para viajar, não ficou satisfeito com a notícia de que o tanque perdeu 1 litro de sua capacidade, passando a suportar 15 litros de gasolina, mas a BMW garante que este modelo é mais econômico que seu antecessor e a falta de 1 litro de combustível é recompensada com a economia que o modelo proporciona.

Quanto aos preços, realmente é preciso estar disposto a desembolsar um alto valor, pois das novas motos da BMW tem muito a oferecer, mas isto tem seu preço. Apesar dos valores ainda não terem sido revelados, é possível tomar como base a F 700 GS que custa R$ 39.950 e a F 800 GSS custa R$ 45.900. Os dois novos modelos serão mais caras.

A F 850 GS vem criando grande expectativa e como é bem mais equipada, poderá contar com 3 modos de pilotagem e ainda trazer importantes itens para garantir maior segurança nas viagens, um deles é o DTC – Controle de Tração Dinâmico e o outro item é o ABS otimizado exclusivamente para as curvas, deixando a moto mais estável, mesmo quando se encontra em alta velocidade.

O consumidor terá duas ótimas motos para escolher, mas elas têm detalhes que precisam ser analisados com calma, para fazer a escolha certa, pois cada uma foi projetada para atender um perfil específico de consumidor, por exemplo, a 850 GS é mais alata, tem rodas raiadas, com a dianteira de 21 polegadas e a traseira de 17. A 750 GS é mais baixa, as rodas são de liga-leve, a da frente é de 19 polegadas e a traseira de 17. A BMW caprichou nestes modelos e quando chegarem ao mercado deverão ser uma das mais desejadas.

Por Russel


A F750 2019 tem beleza, muitas inovações e chega completamente reformulada ao mercado, agradando tanto aquele consumidor que olha primeiro o design, como também aqueles que vão direto na parte técnica.

A BMW F 750 2019 é uma moto feita para quem procura conforto no dia a dia e principalmente nas viagens, uma prática mais comum entre os brasileiros que se reúnem nos finais de semanas e pegam a estrada para curtirem novos lugares, conhecer cidades e outros estados. A F750 2019 tem beleza, muitas inovações e chega completamente reformulada ao mercado, agradando tanto aquele consumidor que olha primeiro o design, como também aqueles que vão direto na parte técnica.

O mercado de veículos já se mostrou bastante competitivo no mercado nacional, com várias montadoras já disponibilizando seus modelos e dando ao consumidor brasileiro muito mais opção de escolhas na hora da compra, enquanto que o de moto ficou quase que estagnado, com modelos tradicionais dominando as vendas, mas tudo indica que este cenário está mudando e o anúncio da BMW F750 2019 confirma esta tendência. Quando a empresa anunciou que a fábrica em Manaus começaria a produção da F 750 GS e da F 850 GS, foi uma grande euforia para os amantes das motos.

Estes dois modelos foram apresentados na Europa no final do ano passado e chamaram a atenção primeiramente pela beleza, o estilo arrojado, com um visual único e incomparável. Mas o destaque não parou por aí, pois logo nota-se o motor de 853 cc, com dois cilindros paralelos, o que garante maior torque em baixas rotações. O modelo 850 tem 95 cv de potência e a 750 tem 76 cv, apesar do motor ser o mesmo para ambas. Outro detalhe que não pode passar em branco são os dois eixos de equilíbrio que garantem uma redução da vibração que é proporcionada justamente por este modelo de propulsor. Os modelos contam ainda com embreagem assistida, o que deixa a manete muito mais leve. O câmbio é de 6 marchas e seja na cidade ou na estrada, a experiência de pilotar esta moto é apaixonante.

Ao preparar o lançamento da F750 2019, a empresa precisou providenciar a atualização de toda linha de produção, uma vez que os dois modelos contam com quadros novos, que garantem maior rigidez no berço do motor. Alguns ajustes foram feitos e tudo ficou pronto para começar a produzi-las. Mas as novidades não param por aí, pois a F750 2019 conta com suspensão exclusiva e a parte eletrônica é inédita, com isso os fornecedores locais precisaram trabalhar muito para se adaptarem rapidamente à produção das novas GS, mas isto foi feito sem problemas e não houve atraso no cronograma.

Para a 850, a suspensão recebeu bengalas investidas na parte da frente e a roda é aro 21. Para a 750, optou-se por garfo convencional com rodas aro 19, garantindo assim que ela tenha um estilo mais on-road, mas atrás os dois modelos contam com aro 17. Para muitos, estas são diferenças que acabam nem sendo notadas, mas para os amantes de duas rodas é importantíssimo ter esta diferenciação, já que o mercado nacional não vinha oferecendo tantas opções na hora de comprar motos, então, quanto mais detalhes diferenciando uma da outra, melhor será para que os clientes dos mais variados estilos sejam atendidos.

Mas quem quiser ter uma dessas, precisará ter paciência porque de acordo com a BMW Motorrad, somente entre agosto e dezembro é que chegarão às lojas e isso é se não houver nenhum atraso na produção e nenhum problema for encontrado na finalização.

Um detalhe que não agradou muito foi o escape, que fica mais distante do chassi. As primeiras fotos que começaram a circular pela internet logo receberam vários comentários sobre este detalhe, muita gente gostaria que tivesse ficado mais próximo. Entre os pontos positivos no design, destaque para o faro que deu um toque todo especial à moto.

Por Russel

BMW F 750 2019

BMW F 750 2019


Confira as características e novidades da nova BMW K 1600 Bagger.

Inspirado no conceito 101, um estudo de design de 2015 da Roland Sands e BMW Motorrad, a nova BMW K 1600 Bagger é baseada no modelo K 1600 GT sport tourer que ganhou o Prêmio Rider's Motorcycle of the Year em 2012, feito exclusivamente para os Estados Unidos. Infelizmente, diferente da Concept 101, os painéis de sotaque de madeira não entraram em produção, mas grande parte da BMW K 1600 Bagger é fiel à inspiração original.

Conheça os itens da BMW K 1600 Bagger

Em comparação com o GT, a BMW K 1600 Bagger tem um para-brisas mais curto, um guiador tubular, alforjes mais longos e mais estreitos com luzes traseiras, com LED integradas e silenciosos de cromo tipo howitzer, que são horizontais em vez de inclinados para cima.

Já para dar à BMW K 1600 B o perfil adequado do bagger, o subtrama traseiro e o assento do passageiro foram reduzidos em 2,8 polegadas. Por outro lado, o modelo traz um novo para-lama traseiro, que se dobra para facilitar a remoção da roda traseira.

A altura do assento do piloto é de 30,7 polegadas, versus 31,9 / 32,7 polegadas no GT, e um assento opcional sem custo é de apenas 29,5 polegadas. A suspensão também é menor no bagger, mas ainda há 4.5 / 4.9 polegadas de frente e traseira.

Tecnologia e inovação à altura da marca alemã BMW

Mas as novidades não param por aí, a nova BMW K 1600 Bagger também é carregada com tecnologia de ponta. O equipamento padrão inclui modos de condução (Dynamic, Road e Rain) que ajustam automaticamente de acordo com a resposta do acelerador. A saída de torque e a intervenção pelo controle de tração dinâmico, são adaptáveis ao ângulo de inclinação e o ABS Pro é otimizado de forma semelhante.

Já o modo Dynamic ESA (Electronic Suspension Adjustment) tem dois modos: Road para todas as condições e Cruise para uma conformidade mais suave, modo que ajusta automaticamente o amortecimento.

Outras características padrão da nova BMW K 1600 Bagger também incluem faróis de xenônio, autonivelantes, alças aquecidas e assento, controle de cruzeiro, o Multi-Controller, um computador de bordo e soquetes de alimentação dupla.

O modelo também incluiu pacotes Premium e Touring, adicionando fechaduras centrais de alforjas, luzes auxiliares de LED, alarme antirroubo, sistema de monitoramento de pressão de pneus, farol adaptativo que aponta para cantos, Hill Start Control, Gear Shift Assistant Pro para acionar a embraiagem, deslizando para cima e para baixo. Também possui Keyless Ride, Bluetooth, um sistema de áudio e preparação de GPS. Há também Reverse Assist, que usa uma engrenagem helicoidal, função que escorre o motor de arranque para fornecer inversão de baixa velocidade para auxiliar no estacionamento.

E quando parece que acabaram as surpresas, a BMW K 1600 Bagger também possui, ainda, dois recursos, que por muitos são considerados traços de gênio, ambos debutados no K 1600 GT / GTL em 2012.

Um dos recursos é a roda Multi-Controller no punho esquerdo, o que torna tão fácil percorrer os menus e fazer as mudanças que os pilotos são muito mais propensos a tirar proveito das muitas configurações disponíveis. O outro é o defletor de ar winglets de cada lado do carenado dianteiro, que pode ser girado para fora, para direcionar o fluxo de ar para o cockpit. Estes são os tipos de detalhes que elevam a BMW K 1600 Bagger do bom ao excelente, o que facilita, e muito, a vida dos pilotos.

O modelo também possui um conjunto de malas totalmente redesenhado, o que deixa com um ar mais moderno, elegante e compacto.

Valor da BMW K 1600 Bagger

Com tanta tecnologia inclusa, o modelo não poderia ser barato. A BMW K 1600 Bagger não sai por menos de US$ 20.000 – (cerca de R$ 63.000). Uma opção bem interessante, mas que pode conquistar o consumidor. Afinal de contas, a atração da queridinha alemã está no motor, tecnologia e no seu alto estilo.

Para mais informações e especificações, acesso ao site da fabricante alemã: www.bmwmotorcycles.com/us/en/index.html.

Por Cassiany de Paula

BMW K 1600 Bagger


Modelo é potente e tecnológico. Confira as suas especificações.

A BMW apresentou uma versão atualizada do Tourer de luxo, a K 1600 GTL. Em 2012, o ano modelo em que foram introduzidos no mercado, a BMW K 1600 GT e o GTL compartilharam o Prêmio Motocicleta do Ano do Rider, em virtude dos novos níveis de performance e sofisticação, o que trouxeram mais destaques para o turismo esportivo e segmentos de turismo de luxo.

Conheça as especificações da BMW K 1600 GTL

Diferentemente, principalmente em termos de posição de assento, tamanho, forma do para-brisas e a presença de um tronco superior, no GTL, a fabricante alemã compartilhou um mecanismo de 6 cilindros, em linha, que produz uma força de 160 cavalos e um torque de 129 lb-ft.

Segundo informações divulgadas pela empresa alemã, o motor da potente das estradas foi produzido de forma mais compacta, dentre as motos de mais de 1.000 cm³. Na estrada, o modelo BMW K 1600 GTL pode atingir a velocidade máxima de 200 km/h. Ainda de acordo com dados divulgados pela BMW, a velocidade atingida pela potência do motor é mais que o suficiente para rodar as terras brasileiras.

Assim como no GT e B, os novos conversores catalíticos e o gerenciamento de motores atualizados permitem que o motor do K 1600 GTL seja compatível com Euro4 sem perda na saída reivindicada.

Controle de tração

O modelo ainda permite três modos de condução: Road, Dynamic e Rain adaptam a resposta do acelerador às condições de condução e ajustam automaticamente a configuração de Controle de Tração Dinâmica.

O que tem de diferente no modelo, é o ESA dinâmico, que ajusta automaticamente o amortecimento da suspensão e oferece dois modos, Estrada e Dinâmico.

A BMW K 1600 GTL também possui equipamento padrão, que inclui ABS Pro, farol de xenônio, alças aquecidas e assentos, Multi-controlador, controle de cruzeiro e alforjes removíveis e malha superior.

As novas opções também incluem Reverse Assist, uma engrenagem reversa que é engajada usando um botão no guidão esquerdo e controlada usando o botão de partida e Shift Assistant Pro, o que permite deslocamentos e downshifts sem embraiagem.

Outras opções incluem o farol adaptativo, Keyless Ride, Hill Hold Control, fechaduras centrais, rodas forjadas e uma linha completa de acessórios, que torna o modelo ainda mais atraente para o consumidor.

Em questão de estilo e modernidade, a nova BMW K1600 GTL inclui novos painéis laterais, defletores de deslizamento maiores, novos defletores de vento, para proteger as mãos do piloto, espelhos redesenhados, maiores e inserções esféricas, e protetores de pés, redesenhados, e compartimentos de armazenamento mais baixos.

Modelo top de linha

O modelo também pode ser encontrado em novos esquemas de cores, que incluem: Lightwhite não metálico, Thundergrey metálico e K 1600 GTL Elegance (Ebony metallic e Blackstorm metallic).

Diante de tanto desempenho, potência e tecnologia, as vendas da BMW K 1600 GTL saem no Brasil pelo valor de R$ 124.500, o que a considera a moto uma das mais caras da empresa.

Disponível em várias cores, o modelo é top de linha da fabricante alemã. Suas características exclusivas à modernidade e som integrado, a BMW K 1600 GTL foi feita exclusivamente para estradas e longas viagens.

Curtindo o som da BMW K 1600 GT

O sistema de som integrado possui sincronização via bluetooth, o que é exclusividade da top de linha. No Brasil, o consumidor pode encontrar a versão completa do modelo GTL, já em outros países como na Europa, é possível encontrar o modelo somente com o dispositivo de GPS. O modelo vem com espaço para instalação, mas não inclusa.

Para viagens e longos passeios, o sistema de som rouba a vez. O modelo ainda é acompanhado de três malas que facilitam, e muito, a vida do condutor. Os acessórios, ainda, podem ser removidos de acordo com o desejo do consumidor.

Para mais informações e especificações, assim como modelos, séries e detalhes, acesse o site da fabricante alemã BMW pelo site: www.bmw-motorrad.com.br.

Por Cassiany de Paula

BMW K 1600 GTL


A BMW F 850 GS é uma big trail de média cilindrada que funciona muito bem tanto em estradas asfaltadas como em estradas não asfaltadas.

Durante o Salão de Milão, a BMW apresentou diversas novidades que vão aquecer o mercado no próximo ano e fazer os olhos dos amantes de motos brilharem. Uma das novidades é a nova linha GS e um dos modelos que vem compondo essa linha é a BMW F 850 GS, uma big trail de média cilindrada que funciona muito bem tanto em estradas asfaltadas como em estradas não asfaltadas.

Em relação ao design, possui um visual que é robusto e imponente, feito com uma estrutura de aço tubular é ideal para a prática de off road. Conta com um painel de instrumentos que possui iluminação laranja que ascende automaticamente quando está em um ambiente escuro e com um display digital com tela TFT de 5,5 polegadas contendo todas várias informações necessárias como indicadores de marcha engatada, temperatura do motor, nível do combustível, informações sobre o tanque e hodômetro total e parcial. Também está equipados com conta giros, velocímetro, cronômetro, relógio, e saída 12V para acessórios e faróis de LED. A série conta ainda com bancos de assentos com alturas diferentes, comandos de punho de fácil usabilidade, controle de tração ASC, entre outros.

Vem com um sistema eCall da BMW instalado na moto, que funciona por satélite, permitindo que o piloto consiga pedir ajuda e seja rastreado em caso de algum acidente.

O motor bicilíndrico de 853 cm com potência de 95 cv, quatro tempos, arrefecimento líquido, seis marchas, discos dianteiro duplo e disco traseiro simples, rodas com raios, garfo dianteiro invertido, suspensão com ajuste eletrônico, ABS acompanhado pelo controle automático de estabilidade da BMW, pneu de 12 polegadas.

Veja abaixo a ficha técnica:

Ficha técnica da BMW F 850 ​​GS 2018

MOTOR

Tipo: Arrefecido a água, duplo cilindro, 4 tempos, dois eixos de cames na cabeça do cilindro, lubrificação por cárter seco e 4 válvulas por cilindro.

Diâmetro x curso: 84 mm x 77 mm

Cilindrada: 853 cc

Potência de: 95 cv a 8 250 rpm

Torque máximo: 92 Nm a 6.250 rpm

Taxa de compressão: 12,7: 1

Controle de mistura e gerenciamento de motores Injeção eletrônica, tubo de sucção, gerenciamento de motores BMS-M

Controle de emissão Conversor catalítico regulado, de três vias

BENEFÍCIOS E CONSUMO

Velocidade máxima: +200 km / h

Consumo por 100 km a uma velocidade constante de 90 km / h ND l

Consumo por 100 km a uma velocidade constante de 120 km / h 4.1 l

INSTALAÇÃO ELÉTRICA

Alternador trifásico de 416W

TRANSMISSÃO

Embreagem multi-disco em banho de óleo, acionada mecanicamente.

Caixa de velocidades Seis velocidades de consumo constante, integradas no cárter.

Transmissão Corrente contínua com O-rings e amortecedor anti-choque no cubo traseiro.

QUADRO e FREIOS

Moldura de aço monocasco de quadro, motor de rolamento

Roda dianteira e suspensão Forquilha reversa, Ø 43 mm

Roda traseira e suspensão Braço oscilante de dois braços em alumínio

Curso das suspensões dianteira / traseira 204 mm / 219 mm

Distância entre eixos: 1.593 mm

Avançar 126 mm

Ângulo da direção: 28 °

Pneus radiais de pneus

Medição da frente: 2.15 × 21 "Medição traseira: 4,25 × 17 "Pneu dianteiro: 90/90 – 21 Pneu traseiro: 150/70 – 17

Travão dianteiro Duplo disco 305 mm, pinça flutuante de duplo pistão.

Travão traseiro Um disco de 265 mm, pinça flutuante de pistão único.

ABS BMW Motorrad (destacável)

DIMENSÕES E PESOS

Comprimento 2,305 mm

Largura (com retrovisores) 922 mm

Altura do assento no vácuo 860 mm (assento baixo: 815 mm)

Peso seco 229 kg

Capacidade do tanque 15 l

Por Lorena Ruiz

BMW F 850 GS


Modelo C 400 X é o primeiro scooter de baixa cilindrada da BMW.

Cheio de charme, estilo e perfeito para ser utilizado em áreas urbanas, driblar o trânsito e chegar mais rápido, cada vez mais os scooters vem conquistando espaço e se tornando os queridinhos de muitas pessoas.

Em 2011, a BMW se iniciou na categoria scooter, e os modelos de estreia responsáveis por iniciar a marca nessa categoria foram os modelos BMW C 600 Sport e o BMW C 650 GT, ambos scooters de alta cilindrada. Porém este ano, o Salão de Milão, maior evento de motos do mundo, responsável por mostrar os novos lançamentos e tendências e é claro levar a loucura os apaixonados por motos, apresentou muita novidade nessa edição e a BMW foi responsável por uma dessas novidades, o lançamento de seu primeiro scooter de baixa cilindrada, o modelo C 400 X, inclusive a marca já prometeu que mesmo sendo de baixa cilindrada, vai manter a qualidade premium no produto.

Com lançamento previsto para 2018, o modelo possui design moderno, elegante e os faróis de LED juntamente com uma ergonomia sofisticada traz um ar meio futurista, além de ter uma boa proteção contra o tempo/clima. O painel de instrumentos conta com tela LCD multifuncional com computador de bordo, nível de gasolina, temperatura do refrigerador, lembrete de revisões, relógio de tempo, entre outras funções. Outro ponto bacana no painel, é o fato de que quando o scooter está em ambientes claros, a luz do velocímetro apaga, isso para que o condutor tenha uma melhor visibilidade. Caso prefira, o condutor pode ter também adquirir os itens opcionais, onde ele terá a possibilidade de conectar smarphones, ouvir músicas, gravar rotas e até fazer chamadas caso ele tenha um capacete apropriado para isso, tudo através de uma tela TFT de 6,5 polegadas que vem equipada com esse pacote opcional. Em relação ao espaço para bagagem, a área se estende para baixo em direção a roda traseira, com isso ganhando espaço e resultando em um generoso espaço de armazenamento.

Perfeito para ser utilizado na cidade, o modelo conta com apenas um cilindro que gera potência de 34 cavalos, controle digital do motor, um tanque de combustível de 12,8 litros e uma reserva de 4 litros, 4 válvulas por cilindro, injeção eletrônica de combustível, velocidade de 139km/h e com itens de série como freios ABS, controle de estabilidade devido combinação de um pneu dianteiro de 15 polegadas com uma frente de 14 polegadas, que além da estabilidade, também garante uma ótima agilidade, duplo disco de freio na dianteira e disco simples na traseira e câmbio automático. Tem controle de tração ASC que aumenta a segurança, além de uma trança metálica nos travões.

Existem duas opções de cores: metálico azul e branco ou branco e preto com estofado vermelho. Além dos itens opcionais no painel de instrumentos, existe vários outros acessórios de fábrica que possibilitam a personalização do produto como, por exemplo, um sistema de início sem chave, luzes LED diurnas, troncos diferentes, assento inferior ou tela superior.

Os modelos serão lançados na Europa em 2018 e ainda não teve o preço divulgado.

Veja abaixo a ficha técnica:

Marca: BMW / Modelo: BMW C 400.

Ano: 2018.

Cilindradas: 350 cc.

Distribuição: OHC.

Cilindros: 1.

Válvulas por cilindro: 1.

Alimentação: Injeção eletrônica.

Refrigeração: Líquida.

Compressão: 11.5:1.

Potência: 34 cavalos.

Combustível: Gasolina.

Consumo: 3,5 l / 100 Km

Velocidade: 139 KM/h

Sistema de ignição: Eletrônico.

Bateria: 12 V 9ah.

Travão dianteiro: 2 discos ABS/ diâmetro 265 mm.

Travão traseiro: Disco/ diâmetro 265 mm.

Diâmetro da roda: 14’

Pneu de garganta: 4,25

Material da roda: Alumínio

Modelo do pneu: Diablo scooter

Medida dos pneus: 150/70 ZR14

Por Rosângela Pereira Rodrigues

BMW C 400 X

BMW C 400 X

Fotos: Divulgação


Conheça aqui mais detalhes sobre a BMW F 800 GS 2018.

BWM vazou um vídeo com algumas características das moto considerada “aventureira” pelos comentaristas e especialistas. O evento, que irá lançar esta máquina tão aguardada pelos curiosos, se dará por iniciado no próximo dia 7 de novembro, em Milão, na Itália.

Os detalhes da moto fabricada pela BMW são incríveis, assim como tudo que é feito por esta aclamada montadora de carros e motos alemã.

Preparado para saber os detalhes vazados pela montadora? Leia o próximo artigo escrito para você e fique sabendo de todas as novidades sobre essa incrível moto.

Evolução da F 800 GS da BMW tem dado o que falar nos últimos dias

Uma das montadoras mais famosas do mundo, que sempre está inovando e divulgando seus trabalhos de forma inovadora, divulgou um teaser que deu o que falar nesta semana, não por falar de assuntos polêmicos ou mostrar algo que geralmente é censurado, o que deu o que falar foi os detalhes mostrados pelo vídeo de divulgação da nova linha de motocicletas aventureiras, o design das motos é segredo até o Salão de Milão, que irá acontecer no proximo dia 07 de novembro de 2017.

A montadora de carros e motos alemã, a BMW, está se preparando para o lançamento da sua sua linha aclamada de motos aventureiras, a renovação das motocicletas tem deixado muitos sonhando com as novidades. A linha de motos médias formada pelo modelo F 800 GS e pelo outro F 700 GS, não possuem nem boatos ou detalhes específicos das motos, mas a montadora alemã conhecidíssima, BMW, divulgou um vídeo chamando os fãs da marca e de motos para o evento no Salão de Salão de Milão, na Itália, no material de divulgação haviam alguns detalhes das motos aventureiras.

Quer conferir os detalhes que foram vazados pela marca? Dá uma olhada no texto.

No teaser divulgado pela empresa apareceram alguns detalhes das motos e nós, como somos uma equipe muito curiosa pelas novidades, decidimos investigar quais são as características não tão claras divulgadas pela montadora alemã BMW. Confira!

O painel da moto, que pela silhueta mostrada no vídeo não é do modelo de maiores cilindradas ( a R 1200 GS), se trata dos painéis das motos de médias cilindradas, a F 700 GS e a F 800. Segundo o que deu para ver no teaser divulgado, os painéis estão completamente repaginados, e muito mais modernos, como é de costume com os lançamentos da brilhante montadora BMW.

Em um trecho do material de divulgação do Salão de Milão, os lançamentos automobilísticos da BMW também deram para notar rapidamente os faróis dianteiros. Como um bom segredo, a fabricante dos melhores motores não deixou passar quase nada, mas os faróis dianteiros também passaram por grandes transformações, sem deixar a tradicional assimetria dos modelos e design assinado pela aclamada BMW.

Não tem como não se apaixonar pela maneira que a BMW faz seus carros e motos, é sem igual. Por isso, não temos dúvida que o replanejamento da linha de motos aventureiras da marca BMW, que é tão famosa no mundo inteiro, será um belo e estrondoso sucesso, como foi em todos os outros anos e lançamentos. Estamos aguardando ansiosamente a chegada da data do salão de Milão 2018, onde não só a marca alemã BMW irá expor, mas grandes e famosas marcas do mundo inteiro estarão presentes para deixar marcada as suas presenças grandiosas.

Carolina B.


Modelo F 700 GS da BMW ganha versão mais barata e recebe novos retoques.

A motocicleta modelo F700 GS, que foi lançada no mês de outubro de 2016, marcou o começo de uma fase nova da BMW Motorrad aqui no mercado brasileiro, sendo o primeiro modelo, entre dez confirmadas pela montadora bávara, a ser produzida no mercado nacional.

A F700 GS foi lançada para que pudesse ser a versão de entrada da empresa, entretanto, isso não diz que a mesma seja básica. Igual outras big trail, a BMW F 700 GS é uma boa opção para rodar pela estrada, porém, ainda traz uma facilidade para percursos urbanos e veio com uma proposta urbana maior do que a BMW F800 GS com quem divide o mesmo conjunto mecânico.

A F700 GS se destaca em relação à sua “irmã mais velha” pelo fato de ter uma altura menor do solo

Antes mesmo da G310 R ser apresentada de forma oficial pela empresa, a BMW Motorrad decidiu atualizar no Brasil a sua linha. Agora o modelo recém lançado F700 GS já conta com algumas alterações para sua linha 2017. Embora tenha tido mudanças, ainda continua sendo o modelo de entrada da linha trail da BMW. Agora ela conta com novo grafismo no painel de instrumentos e novo escapamento, que ficou um pouco mais esportivo.

Com relação a parte eletrônica, o modelo recebeu um seletor de modos de pilotagem, o qual tem duas configurações (Road e Rain) em uma geração nova do sistema eletrônico de acelerador. O valor sugerido ainda continua o mesmo, sendo R$ 39.950, ainda sem contar da estreia de uma série especial inédita, batizada de Sport, com preço de R$ 35.950.

No mais, a BMW F 700 GS continua sendo a mesma, tendo um propulsor de 798 cc em seus dois cilindros, com uma potência 75 cv acoplado a um câmbio de seis velocidades. Dentre os equipamentos de série pode-se destacar a as lanternas de LED, os freios com ABS, o amortecedor traseiro que possui ajuste de pré carga, além do seu controle de tração e também de seu computador de bordo.

FILIPE R SILVA


Modelo custa R$ 21 mil e as reservas poderão ser feitas pela Internet.

A BMW deu início nesta semana à pré-venda da G 310 R, que é sua primeira moto de baixa cilindrada no país. Segundo informações divulgadas pela empresa, as reservas poderão ser realizadas via internet e serão válidas para as 100 primeiras unidades da moto.

O valor do modelo urbano é de R$ 21.900, sendo o primeiro de baixa cilindrada da BMW no Brasil e sua montagem acontece em Manaus. No segundo semestre deste ano, as primeiras unidades chegarão às concessionárias.

Também está prevista para 2017 a expansão da linha de motores menores da BMW, com a chegada da moto G 310 GS.

Além de se apresentar como uma opção com menor cilindrada, a G 310 R é mais barata, com o preço mencionado, o modelo está longe do antigo modelo mais barato da montadora, a F 800 R, cujo valor R$ 43.900, que também é o mesmo preço da F 700 GS.

A base de produção da G 310 R está na Índia e lá a fabricação se dá em conjunto com a indiana TVS. É de lá que as peças são enviadas para a montagem no Brasil. Para produzir esse modelo e outros, foi feito um novo investimento na fábrica de Manaus, no valor de 4 milhões de euros.

A G 310 R chega ao país em uma faixa de cilindrada que possui modelos como Honda CB Twister e Yamaha Fazer 250. Contudo, o foco da BMW deve ser uma faixa de consumidores que buscam modelos mais premium, como Yamaha MT-03, KTM 390 Duke e Kawasaki Z300.

O motor desse modelo é um inédito monocilíndrico de 313 cc, com refrigeração líquida, apresentando duplo comando de válvulas e injeção eletrônica. Segundo as informações da BMW, chega até a 34,4 cavalos de potência e 2,85 kgfm de torque.

Sendo o responsável por empurrar os 158,5 quilos da motocicleta, o novo propulsor traz um cilindro voltado para trás e cabeçote rotacionado a 180 graus, permitindo maior agilidade à moto, de acordo com a montadora.

A suspensão dianteira é do tipo invertida, bastante comum nos modelos que possuem maior cilindrada. Os freios são a disco em ambos os eixos, sendo ABS e de série na G 310 R.

Iris Gonçalves


Confira aqui todos os detalhes da nova BMW S 1000 R 2017.

Na última segunda-feira, dia 26, a BMW anunciou a nova S 1000 R 2017 com valor de R$ 62.900 e 165 cavalos mais potente.

Seu design foi renovado, com uso de carenagens compactas, dando um ar de agressividade. A frente baixa e traseira elevada, com entrada de ar características e faróis assimétricos, completam o desenho.

O painel de instrumentos agora tem uma inclinação que ajuda visualizar os recursos. A motocicleta é vendida nas cores cinza, vermelho e tricolor. Ela possui ainda um sub-chassi novo na traseira e com escapamento novo em titânio.

A gerente de marketing da marca, Luciana Francisco, afirmou que a nova BMW S 1000R é umas das mais versáteis da empresa, combinando agilidade de uma roadster e o desempenho de superesportiva. As alterações técnicas e visuais do modelo em sua linha 2017 ajudam para que se mantenha no topo do segmento.

Mais potente e ágil

Há alterações no motor de quatro cilindros linear, que passou a gerar uma potência de 165 cavalos em 11 mil giros, representando um de cinco cavalos comparado a versão anterior. O moto, que é derivada da S 1000 RR, tem um torque de 114 Nm com 9.250 giros.

A moto superesportiva ainda conta com o Shift Assist Pro, semelhantes aos modelos XR e RR, que facilita a troca de marchas, não necessitando o uso da embreagem.

A BMW S 1000 R disponibiliza várias maneiras de modos de condução, através do uso de um botão. No modelo 2017, as opções de pilotagem são duas, sendo Dynamic e também a Dynamic Pro. Sem contar que também é possível utilizar o modo de chuva, dando respostas mais leves do acelerador, com os sistemas ASC e ABS com adaptação para piso molhado. Há também o modo “Road”, para utilização em piso seco. Para aqueles que desejam explorar os limites, há o modo “Pro”, o qual é disponibilizado sendo um extra opcional.

A motocicleta vem de série com sistemas de ponta de controle de estabilidade automático (DTC) e de freios ABS de corrida, o que apresentam excelentes valores de desaceleração e aceleração, os quais são desativados e ativos de acordo com o desejo do piloto.

FILIPE R SILVA


Modelo está previsto para ser lançado no segundo semestre de 2017.

Lançando o seu primeiro modelo de motocicleta em território brasileiro, a famosa marca alemã BMW estreia no concorrido mercado de duas rodas atualmente dominado pela sua mais próxima concorrente e líder nas preferências de consumo dos fãs deste tipo de máquina.

Com uma produção montada na cidade de Manaus, a tradicional marca famosa por seus modelos luxuosos de automóveis resolveu mais uma vez inovar e agora tenta apostar no mercado dos modelos tidos como de baixa cilindrada. Par isso, ela traz ao consumidor brasileiro a sua BMW G310 R.

O modelo chega às concessionárias brasileiras como lançamento previsto para o segundo semestre de 2017. Desta vez, a montadora resolveu apostar nos modelos com potência mais baixa, numa clara tentativa de conquistar o mercado brasileiro que sempre esteve encantado com as máquinas de duas rodas de alta fabricada pela famosa Kawasaki.

Outro fator que a empresa aposta é exatamente o preço. A estratégia é exatamente conquistar uma fatia do mercado consumidor de motos no Brasil e usar o famoso nome da montadora em seus modelos. A nova BMW de duas rodas deverá custar quase R$ 22.000,00.

Seguindo uma tendência mundial, a nova G310 R deverá sair da linha de montagem em solo amazonense com freios ABS nas duas rodas, um item que chama bastante a atenção para quem é usuário deste tipo de transporte.

O novo lançamento chega às lojas mostrando um potência de 313 cilindradas contra os mais populares modelos brasileiros como a Honda CB Twister e a famosa Yamaha Fazer. Além disto, a montadora já mandou avisar que deverá tomar espaço das suas concorrentes como Kawasaki Z300 e a KTM 390 da Duke.

Apesar de ser montada em território brasileiro, a atual G310 R da BMW possui a base de produção de suas peças na Índia e em parceria com uma empresa local, a indiana TVS. Para tal façanha, a cidade de Manaus recebeu um alto investimento da montadora alemã que chegou facilmente aos R$ 4 milhões de dólares. Afinal, nada mau para quem quer iniciar num mercado dominado pelas montadoras orientais e que já fizeram história em pleno território nacional.

Por Emmanoel Gomes

BMW G310 R


Moto começará a ser fabricada no Brasil a partir deste mês.

O novo modelo BMW G 310R começará a ser montado no País no dia 18 de maio. A moto será a primeira de baixa cilindrada no Brasil e terá um motor monocilíndrico de 313 cc, que conta com refrigeração líquida, duplo comando de válvulas e também injeção eletrônica. Outro destaque é que segundo a BMW, pode conseguir atingir até 34,4 cavalos de potência e 2,85 Kgfm de torque.

O propulsor tem o cilindro inclinado para trás e o cabeçote rotacionado a 180 graus, o que permite que a moto fique mais rápida e também a suspensão dianteira é do tipo invertida e nos dois eixos os freios são a disco.

Além disso, as carenagens laterais estão localizadas ao lado do tanque e os freios ABS pertencem a série G310R. Outra moto produzida pela marca, que pertence a mesma família, a G310 GS, versão aventureira, tem o mesmo tipo de motor, sendo ideal para usar tanto no asfaltado como na terra, para os amantes de aventura.

O motor será o mesmo modelo da G 310R e terá freios ABS de série, além de uma ergonomia muito confortável, em que o piloto poderá ficar com os braços e pernas relaxados. As rodas são de liga leve, tendo 19 polegadas na dianteira e 17 na traseira.

A BMW também está investindo forte na sua fábrica em Manaus: R$ 4 milhões de euros, que equivale a cerca de R$ 13,9 milhões. A base da produção da moto é na Índia e de lá as peças são encaminhadas para o Brasil.

As motos da linha R Nine T ganharam expansão: Racer (que é uma versão inspirada nos anos 70) e a Pure (que é mais simples). O motor é um boxer que conta com 1.170 cc da linha GS, refrigeração de ar, além de 110 cavalos de potência. O valor da versão Racer pode chegar a 13.300 euros, enquanto o da Pure custa, em média, 12.300 euros.

A marca também deixou o modelo da linha S 1000 XR mais potente, pois o motor rende 165 cavalos e anteriormente alcançava 160 cavalos.

O que você achou das novidades nos modelos de moto da marca BMW? Deixe a sua opinião!

Por Babi


Linha 2017 recebe pequenas mudanças e é vendida por R$ 64.900.

A montadora BMW no Brasil apresentou a linha 2017 da moto R 1200 GS, porém, não conta com grandes mudanças, entretanto, o preço foi alterado e agora varia entre R$ 64.900 e R$ 75.900. Para que ganhasse um pouco mais de tempo, o modelo recebeu mudanças em seu visual, contando agora com novos defletores aerodinâmicos e para-lama dianteiro.

Confira abaixo os preços e as versões da R 1200 GS linha 2017:

Versão Sport+: R$ 64.900

Equipamentos de série: ajuste dos manetes de embreagem e de freio; acelerador eletrônico; ajuste de pré-carga do amortecedor da roda traseira; assento em dois níveis; amortecimento variável auxiliar; freios ABS; computador de bordo; cavalete central; ASC – controle automático de estabilidade; eixo cardã; embreagem anti-deslizante; guidão com ajuste de posição; indicador de direção branco cristal; imobilizador eletrônico; diversos modos de pilotagem, para-brisa com ajuste de altura; lanterna traseira em LED; protetor de cárter; tomada de 12 Volts; rodas de liga leve, suspensões telelever e paralever e suporte de top case; luz de posição diurna; farol em LED; manoplas aquecidas; protetor de escapamento cromado; RDC – controle de pressão dos pneus; protetores de mãos; piloto automático; manual do proprietário em língua portuguesa e luzes de direção em LED.

Versão Premium+: R$ 74.900 (pacote Rallye ou Exclusive adiciona-se mais R$ 1.000 sobre este valor)

Equipamentos de série: esta versão soma os equipamentos da configuração Sport+ e ainda inclui DTC – controle de tração dinâmico; sistema de partida sem chave (keyless); ESA – ajuste eletrônico de suspensão; assistente de partida em subida; assistente de troca de marchas PRO; computador de bordo PRO; modos de pilotagem PRO; ABS PRO; preparação para GPS; ASC – controle automático de estabilidade; rodas raiadas, suporte para malas laterais e motor com acabamento na cor, entretanto, este último item está disponível somente na versão Rallye.

Novos grafismos também foram recebidos pelo painel de instrumentos. Com relação ao propulsor, a R 1200 GS continua com o mesmo, o tradicional com 1.170 cc e 2 cilindros, que gera uma potência de até 125 cavalos a 7.750 giros.

FILIPE R SILVA


Modelo 2017 da BMW F 800 GS Adventure será comercializada com pequenas alterações a um valor de R$ 50.900.

A fabricante alemã BMW anunciou recentemente que está para chegar o novo modelo F 800 GS Adventure, na linha 2017, às concessionárias autorizadas da marca no mercado brasileiro. O modelo de lançamento não vem com muitas alterações, somente algumas novidades com relação ao seu visual e mudanças técnicas, além de seu preço, que agora se inicia em R$ 50.900.

O modelo F 800 GS Adventure agora tem um novo escapamento, fabricado em aço inox e suas carenagens laterais que agora também receberam alguns grafismos novos. Na parte extrema do garfo dianteiro foram instalados alguns refletores no formato retangular e na cor âmbar.

O que agora possui um novo desenho também é a tampa do compartimento onde está situada a bateria, que agora conta com alguns vincos salientes na parte lateral. Já por outro lado, o painel de instrumentos agora vem com um novo layout, além de grafismos em seus mostradores digitais e analógicos.

Agora conta com novos modos para conduzir

Com relação a parte técnica, a motocicleta agora possui, já de série, dois modos de condução, conhecidos como Road e Rain. Esses modos agem de forma conjunta com o freio ABS e o ASC, que é controle automático de estabilidade. É válido ressaltar também que ao conjunto foi adicionado o acelerador eletrônico.

O motor da linha 2017 ainda continua com os mesmos dois cilindros com 798 cilindradas. É refrigerado de maneira líquida e gera uma potência máxima de 85 cavalos atingindo 7.500 giros e possui 83 Nm de torque máximo, ao ultrapassar a marca de 5.750 giros, e está acoplado com um câmbio de seis velocidades. O tanque de combustível deste modelo conta com uma capacidade máxima de 24 litros.

O modelo F 800 GS Adventure da marca alemã ainda traz, na parte traseira, um amortecedor que possui ajustes de pré-carga e retorno. Conta também com regulagem para os manetes de freio e também de embreagem, além de uma lanterna traseira em LED, suportes para malas laterais e top case. Ainda possui também uma tomada de 12V.

FILIPE R SILVA


BMW lançou no Salão de Colônia 2 novos modelos de motos com a mesma base da Scrambler.

No dia 04 (terça-feira) a BMW fez o lançamento, na abertura do Salão de Colônia (Intermot 2016), na Alemanha, de seus novos modelos de motocicleta em duas versões, ambas com a mesma base da Scrambler, apresentada no Salão de Milão em 2015.

O modelo RACER, que adota a carenagem e a rabeta relembrando como eram as motocicletas nos anos 70, com meia carenagem, sede corcunda, assento único, guidão baixo, e os pés mais atrás. O modelo transmite uma sensação de old-school projetada para diversão de passeios simples como em estradas sinuosas e uma pintura que remete a da clássica BMW Motorsport. Segundo a montadora, o preço será de 13.300 euros.

  • As duas versões vem com motor boxer arrefecido a óleo de 170 cc de dois cilindros e uma potência de 110 hp combinado com transmissão de 06 velocidades, atendendo aos requisitos EU4 de emissão de poluentes.
  • Rodas de liga leve de cinco raios, 3,5×17 (dianteira) e 5,5×17 (traseira), 320 mm de freio a disco duplo na frente, e ambas com freio ABS de série.
  • Estrutura modular, podendo personalizar, permitindo assim a individualização a gostt do comprador.
  • Opção de ASC (Controle de Estabilidade automática).
  • Suspensão com um garfo de 43 milímetros RWU.
  • Tanque de 17 litros.
  • A distância entre eixos é de 1.491 e o ângulo da cabeça é de 63,6º.

Também chama atenção o cockpit com dois instrumentos analógicos circulares, cada um com um pequeno painel de LED para o computador de bordo, mostrando a velocidade média, consumo de combustível, posição da engrenagem, distância da viagem e intervalos de serviços. Se o dono quiser carregar um garupa, existem opções de peças genuínas para acoplar na moto.

O modelo Pure, uma naked mais simplista, é um projeto que une estilos clássicos e modernos de motocicletas, com a mistura entre o preto e o cinza, principalmente no tanque de combustível e no para-lamas cinzas com a suspenção e o drivetrain pretos, caracterizando seu DNA purista, misturando o clássico com o dinâmico.

Também havia expectativa da montadora lançar um modelo de baixa cilindrada, mas parece que ficou mesmo para o Salão de Milão, na Itália, em novembro.

Por Jefferson Silva

BMW R NineT


Moto chega às concessionárias custando cerca de R$ 39 mil.

A partir do dia 5 de setembro, os consumidores da BMW Motorrad terão a disposição a nova BMW F 700 GS, uma motocicleta que criou bastante expectativa entre os brasileiros e será comercializada em campanha de pré-venda.

O novo modelo GS da Série F chega às concessionárias no mês de novembro. Ela fará parte da lista de modelos que serão produzidos na nova planta da marca na cidade de Manaus, no Amazonas, que montará também a F 800 GS Adventure, F 800 GS, F 800 R, R 1200 GS Adventure, R 1200 GS, S 1000 R, S 1000 XR, S 1000 RR e a BMW G 310 R.

O modelo traz um toque Premium com desenho moderno. Além do propulsor de dois cilindros, com duplo comando de cabeçote em suas oito válvulas, com 798 cilindradas, movido a gasolina e refrigeração líquida. Este motor cativa seus consumidores por ter respostas rápidas, junto com uma capacidade impressionante para retomar velocidade, além do baixo consumo. O modelo possui um sistema de injeção de combustível e uma caixa de câmbio com seis velocidades. A nova big trail gera uma potência de 75 cavalos a 7.300 giros, com 77Nm de torque máximo, entregues a 5.300 rpm. Os itens de segurança do modelo, conta com disco duplo, na parte dianteira de 300 mm, na parte traseira de 265 mm, além do sistema de freios ABS com a tecnologia BMW Motorrad.

O pacote de itens de série é grande e traz mais qualidade ao produto. Dentre os equipamentos pode-se destacar o amortecimento variável auxiliar, lentes das luzes indicadoras de direção escurecidas, os ajustes de compressão da mola traseira, balança de alumínio dupla, de retorno do amortecedor traseiro, também dos manetes de embreagem e freio, sensor de cavalete lateral, tomada 12V e lanterna traseira em LED.

A BMW F 700 GS irá estrear no mercado brasileiro, por meio da campanha de pré-venda e estará disponível na coloração laranja e cinza metálico, além de contar com protetores de mãos e manoplas aquecidas, computador de bordo, controle de pressão dos pneus (RDC), controle de tração (ASC), cavalete central e luzes indicadoras de direção em LED.

FILIPE R SILVA


Nova moto será vendida por 5.150 euros e contará com um motor de 313 cc.

Na última terça-feira, dia 17 de maio de 2016, a grande e renomada fabricante de veículos automotores BMW fez a definição do preço da nova motocicleta BMW G310 para o mercado europeu. O preço base de comercialização dessa motocicleta foi anunciado oficialmente na Itália, sendo que no mercado italiano as vendas dessa grande novidade irão começar no mês de outubro ainda deste ano, por lá esta motocicleta será vendida pelo preço de 5.150 euros, valor este que feita a conversão em moeda nacional ficaria em torno de R$ 20.500.

Já para o mercado brasileiro a previsão da fabricante é disponibilizar esta motocicleta também no segundo semestre do ano de 2016, sendo que por aqui ela seria montada na cidade de Manaus (AM), cidade esta em que a BMW possui uma fábrica própria e exclusiva somente para motocicletas.

No ano de 2016, o lançamento da G 310 R é um dos mais aguardados pelos apaixonados por motocicletas. A base de produção deste grande lançamento é oriunda da Índia, porém, por lá para fabricar este lançamento a BMW irá utilizar uma parceria feita com a empresa indiana chamada TVS, sendo que serão estas peças oriundas da Índia que chegarão aqui no Brasil apenas para realização da montagem das motocicletas.

O propulsor utilizado na G 310 R é um monocilíndrico inédito de 313 cc, o qual possui sistema de refrigeração feita por líquido e que funciona por meio de um duplo comando de válvula, bem como com injeção eletrônica. De acordo com os dados estatísticos da fabricante, este motor possui a capacidade de gerar uma potência de 34,4 cavalos.

No total, esta motocicleta possui um peso de nada mais nada menos que 158,5 Kg, para suportar todo este peso com maior facilidade este motor utilizado possui o cilindro inserido numa posição inclinada para trás e cabeçote com uma rotação de 180 graus, fatores estes que também contribuíram sobremaneira para que a motocicleta se tornasse ainda mais ágil.

Assim como em todos os modelos de motocicletas que possuem maiores cilindradas, a suspensão dianteira da G 310R é do modelo invertida e o sistema de freios a disco está disponível nos dois eixos.

Devido ao visual bastante chamativo, não há como negar que os detalhes do modelo foram minimamente trabalhados, haja vista que o modelo possui dupla carenagem nas laterais ao lado do tanque, detalhe este que faz com que a motocicleta se pareça ainda mais robusta.

Por Adriano Oliveira


Moto passa por nova reestilização e ganha diversos acessórios.

Após ter sido apresentada ao mundo no Salão de Milão, evento realizado na Itália no mês de novembro do ano de 2016, a nova F 800 GS chegou ao Brasil. A motocicleta veio com algumas modernizações não só no design, mas também na mecânica, atualizações estas que fizeram com que a motocicleta fosse contemplada com um novo pacote técnico. Outra mudança que ocorrerá será o local de fabricação destas motocicletas, haja vista que a BMW já anunciou que irá fazer a instalação de uma nova linha de montagem própria na cidade de Manaus (AM), ocasião em que será encerrada a parceria com a fabricante Dafra, local em que são produzidas as suas motocicletas.

Junto com a mudança de planos da BMW está incluso o lançamento da motocicleta de pequeno porte G310R, a qual virá ao mercado com um propulsor monocilíndrico e tem como objetivo dar maior agressividade à marca no mercado nacional.

Essa já é a segunda atualização que este modelo versátil da BMW passa, este modelo de motocicleta, a F 800 GS, é um modelo que pode transitar tanto na terra quanto no asfalto com bastante desenvoltura. A F 800 chegou ao mercado no ano de 2008, sendo que a sua primeira modernização ocorreu no ano de 2013, sendo que nesta ocasião o modelo foi contemplado com a inserção do sistema de controle de tração.

Já nesta nova reestilização, a F 800 GS ganhou novos acessórios estéticos, tais como novas aletas laterais prata, além de novo banco do modelo confort, o qual será disponibilizado aos clientes com três opções de formatos anatômicos.

Dentro do pacote de novos acessórios a motocicleta também ganhou nova cobertura para a chave de ignição, protetores para as mãos, bem como uma nova tampa para o tanque de combustível, o qual possui capacidade para 16 litros, sendo que no caso dessa motocicleta o tanque não fica no local convencional, pois no lugar onde comumente fica localizado o tanque de combustível nas motocicletas convencionais ela traz uma caixa que abriga tanto o filtro de combustível quanto outros componentes elétricos, posicionamento este que foi estratégico para o filtro de ar, a fim de que o centro de gravidade do modelo fosse rebaixado.

Por se tratar de uma BMW, o pacote tecnológico não poderia deixar de ser de primeira qualidade, tanto que a motocicleta possui aquecimento nos punhos, saída USB para conexão de aparelhos eletrônicos, computador de bordo e freios ABS com opção de desativação.

Por Adriano Oliveira


Nova fábrica da montadora será construída em Manaus (AM) e irá produzir o modelo G310R.

A grande e renomada fabricante de veículos automotores, BMW, anunciou irá abrir a sua própria fábrica de motocicletas aqui no Brasil, o local escolhido para alocar esta fábrica foi a cidade de Manaus e nesta unidade será montada a motocicleta G310R, futura moto de baixa cilindrada da marca, que foi lançada no Salão de Milão no ano de 2015.

Conforme as informações repassadas pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), a aprovação do projeto para fabricação de motocicletas da BMW foi efetivamente aprovado e possui a previsão de um investimento na casa dos US$ 25,8 milhões.

Vale ressaltar que a BMW já possui uma unidade fabril de carros, a qual fica localizada na cidade de Araquari (SC). A empresa, por enquanto, apesar das informações repassadas pela Suframa, não quer anunciar oficialmente a instalação dessa divisão de motos aqui no país.

A empresa só divulga que os planos para o Brasil são ambiciosos para os anos que virão e que estes planos estão alicerçados na sua estratégia mundial de motocicletas, sendo que o mercado brasileiro irá exercer uma função preponderante para a marca.

Segundo os dados que já estão sendo divulgados pela Suframa, a empresa utilizará esta nova fábrica para a fabricação de motocicletas acima de 450 cilindradas, mas também para modelos intermediários entre 100cc e 450cc, intervalo este que contempla o modelo G310R. Com a instalação da BMW Motorrad na cidade de Manaus, a previsão é de que a empresa gere em torno de 165 empregos diretos.

Vale ressaltar que a BMW G310R é um dos lançamentos mundiais mais aguardados para o Brasil no ano de 2016. A produção em âmbito mundial deste modelo irá ter início a partir do 2º semestre deste ano e possui previsão de chegada aqui no país na mesma época.

As peças dessas motocicletas serão importadas da Índia, local onde a fabricação da G310R ocorrerá por meio de parceria com a fabricante indiana TVS. As novas motos chegarão aqui no Brasil somente para serem montadas.

Essa grande novidade que chegará ao mercado nacional terá como propulsor o inédito motor monocilíndrico de 313cc, o qual possuirá refrigeração líquida, duplo comando de válvulas e tecnologia de injeção eletrônica. Conforme os dados estatísticos que já estão sendo divulgados pela fabricante, o motor desta motocicleta irá ter a capacidade de produzir uma potência de 34,4 cavalos.

O certo é que em breve teremos maiores notícias a respeito desse grande lançamento que chegará por aqui.

Por Adriano Oliveira


Motocicleta será baseada na K 1600 GTL e terá Faróis à Laser e Capacete Inteligente.

A BMW irá exibir na feira de eletrônicos Consumer Eletronics Show, que já ocorre na cidade estadunidense de Las Vegas, a motocicleta de alta cilindrada que tem como base a K 1600 GTL, top de linha da marca. As grandes novidades do futuro anúncio são os faróis à laser e o capacete inteligente.

O sistema de iluminação frontal com laser atinge até 600 metros à frente do piloto, 300 a mais que os faróis convencionais usados até então. E a duração em relação às lâmpadas tradicionais é muito maior. Segundo a BMW Motorrad, esse sistema de faróis ainda tem custo de produção muito elevado, mas a escala de fabricação para motos e – principalmente – carros deve aumentar com o tempo e fazer com que a equipagem se torne mais barata. Os carros BMW Série 7 e i8 já possuem a tecnologia.

Ainda mais surpreendente é o capacete interativo e com informações na viseira, algo sem precedentes na indústria automotiva. O nome do recurso é head up display. Exibe dados como velocidade de condução e ajustes da moto, status do trânsito e da via e informações legais, como velocidade máxima do trajeto. As duas câmeras acopladas, na traseira e na dianteira do item de segurança, servem para retrovisor e gravação da direção.

O intuito é manter os olhos do piloto na estrada e atenção total na condução. A novidade ainda está em estudos para desenvolvimento e provavelmente não será lançada no mercado ainda em 2016. A BMW tem o desejo de possibilitar a comunicação entre condutores em um futuro um pouco mais distante, função ideal para viagens em grupo.

O capacete é equipado com alto-falantes e microprocessador. Conforme a empresa, a operação das funções deverá ser feita na manopla do lado esquerdo do guidão. Os dados ainda podem ser programados pelo condutor e escolhidos conforme necessidade analisada por ele em relação ao trajeto escolhido.

Bruno Klein


Modelo é a primeira moto de média cilindrada da montadora. Ainda não foram divulgados os preços da motocicleta.

A grande fábrica alemã Bayerische Motoren Werke, também conhecida como BMW, lançou oficialmente na semana passada, dia 11 de novembro, na Europa, sua primeira moto de média cilindrada, a naked G 310 R. Segundo a BMW, trata-se de uma moto dinâmica, potente e leve. É uma versão da série, lançada em outubro, em São Paulo, a G 310 Stunt.

A empresa vem com essa novidade com o objetivo de atingir uma parte nova do mercado. A BMW quis dar ao modelo G 310 R uma maior versatilidade, já que seus usuários a utilizarão tanto na cidade quanto na estrada.

O nova moto tem 313 cilindradas de capacidade, possui apenas um cilindro e conta com comando duplo no cabeçote (DOHC) em suas 4 válvulas, refrigerado a água e injeção eletrônica de combustível. Um ponto interessante é a questão do motor ter um ângulo de inclinação para trás de 180 graus, o que deixa um grande espaço na parte da frente, onde se encontra o sistema de admissão. O motor a 7500 RPM de torque, 9500 RPM e 2,9 kgf.m atinge uma potência máxima de 34 cavalos. O peso do conjunto é de 158, 5 kg, resultando na relação entre peso-potência de 4,6 kg/cv.

O modelo foi desenvolvido na Alemanha e será produzido na Índia, também sendo montado na cidade brasileira de Manaus, o que está previsto para ocorrer no segundo semestre de 2016.

O chassi da versão é feito em tubos de aço. Na parte da frente a moto possui garfo telescópico invertido, enquanto que na traseira a moto conta com um único amortecedor e uma balança mais longa, que facilita a estabilidade da moto. Os freios ABS serão a novidade do modelo, onde na frente é equipada com apenas um disco de 300mm de diâmetro e na traseira disco de 240mm. As rodas são de 17 polegadas. O painel vem com uma tela de LCD para a apresentação de todas as informações necessárias.

O preço ainda não foi divulgado, mas segundo o diretor-geral da marca, será bem competitivo.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA


Modelo de baixa cilindrada teve seu lançamento mundial oficializado e, no Brasil, será fabricado no Brasil na cidade de Manaus (AM).

Mais uma novidade no mercado de motos promete agradar o grande público do veículo de duas rodas. Estamos falando da BMW G 310 Stunt, moto de baixa cilindrada que será lançada no Brasil em 2016

No dia 6 de outubro deste ano, a BMW fez o lançamento mundial dessa belezura. No evento realizado no Salão Duas Rodas em São Paulo,  a moto parecia um protótipo, mas a empresa afirmou que, ainda no fim de 2015, sairá o modelo em sua versão oficial.  Apesar dos pormenores técnicos não terem sido divulgados, o fato é que o motor, então um monocilíndrico, terá mais de 300cc e menos de 500cc.

Essa moto de baixa cilindrada será fabricada no Brasil na cidade de Manaus no próximo ano. A G 310 Stunt, por seu turno, é uma moto singela e rápida, além de possuir um visual bacana que, provavelmente, irá cair nas graças do consumidor. A BMW, com o lançamento desta moto, pretende aumentar ainda mais seu marketing e suas vendas em todo o mundo, inclusive no Brasil, um país que a cada ano que passa mais se interessa pelo mercado das motos.  A marca, naturalmente, também apresentou outros modelos e novidades, mas o modelo de baixa cilindrada, o G 310 Stunt, acabou sendo o centro das atenções, o destaque da BMW no evento.

Assim, mesmo aparecendo como um protótipo, o público brasileiro, tanto os especialistas como os amantes de duas rodas, já parecem ansiosos com as possibilidades que a Stunt poderá oferecer. O preço ainda não foi divulgado.

Agora, após o lançamento mundial e com a expectativa de figurar no cenário brasileiro em 2016, cabe a todos nós aguardar como será o desempenho e as vantagens dessa moto de baixa cilindrada. 

Vamos ver no que vai dar esse novo interesse da BMW no mercado de motos menores.

Por Madson Lima de Oliveira

BMW G 310 Stunt

BMW G 310 Stunt

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: